Turno Zero

Notícias Completas mundo

A BOLA – Wenger responde a Mourinho (Inglaterra)

Foi no verão de 2018 que Arsène Wenger pôs fim a mais de duas décadas como treinador do Arsenal. Desde então, o experiente técnico francês não voltou a se sentar no banco.

Pois bem, o afastamento da contraparte despertou em José Mourinho uma curiosidade: saber em que medida Wenger considerava regressar ao rei do desporto como director executivo ou director de futebol do emblema londrino.

A questão do treinador português, para quem Wenger cumpre todos os requisitos para ser um alto executivo, foi levantada via O guardião.

.js">

“Eu teria considerado fazer parte do conselho do Arsenal como conselheiro. Acredito que falte conhecimento nos grandes clubes e nas competições de alto nível. Vimos recentemente que existem muitas maneiras de se ter sucesso no futebol. Por exemplo, há a estratégia do Bayern, onde o sucesso e a continuidade dependem de pessoas que conhecem os valores do clube e os transferem de geração em geração: Beckenbauer, Hoeness, Rummenigge. Ou existem modelos na Inglaterra de dinheiro rápido e sucesso rápido. Ambos podem funcionar. Gosto da ideia de um clube ser primeiro uma identidade e ter um conhecimento que passa de geração em geração ”, defendeu Wenger.

Patrícia Joca

"Desordeiro profissional. Amigo dos animais em todo lugar. Especialista em mídia social. Analista dedicado. Empreendedor amador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post Covid19. O risco de transmissão do vírus aos recém-nascidos é muito baixo – Observador
Next Post O risco de transmissão do vírus ao recém-nascido é muito baixo – DNOTICIAS.PT