Novembro 27, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

A Ferrari mais poderosa de todos os tempos

Um ano e meio após a estreia de seu modelo de produção em série mais poderoso de todos os tempos, o SF90 Stradale, a Ferrari apresentou – em um evento online – a versão conversível apelidada de SF90 Spider.

Com tração nas quatro rodas, o Spider mantém o mesmo sistema de propulsão híbrido plug-in que o Stradale, consistindo em um motor central biturbo V8 de 3,9 litros com 780 cv e 800 Nm, e três motores elétricos (dois em cada uma das rodas dianteiras e um integrado na dupla embreagem de oito velocidades), com 220 cv cada. Total: 1000 cavalos de potência.

A bateria de 7,9 kWh permite uma autonomia elétrica de cerca de 25 km. A Ferrari afirma que o SF90 Spider é capaz de acelerar de 0 a 100 km / h em 2,5 segundos e de 0 a 200 km / h em apenas 7 segundos. A uma velocidade máxima, é de 340 km / h.

Este novo SF90 Spider tem um dossel que requer apenas 14 segundos para abrir ou fechar, em andamento. A estrutura é armazenada em um compartimento dedicado na bagageira, o que significa que a capacidade da bagageira é inferior a 100 litros em comparação com a versão ‘fechada’.

A Ferrari revelou ainda que a opção por uma capota rígida, que tem uma estrutura de alumínio em sua composição, permitiu uma redução de peso de até 40 kg mais leve do que outros aparelhos do gênero.

Os engenheiros da marca Maranello realizaram trabalhos específicos neste novo SF90 Spider para garantir que a relação potência / peso não comprometesse o desempenho deste conversível. Nesse sentido, eles usaram soluções de fibra de carbono e titânio para retirar 21 kg do peso total de 1.670 kg para uma relação peso / potência de 1,67 kg / cv.

.js">

O chassi também apresenta uma rigidez torcional 30% superior às plataformas anteriores, sem nenhum aumento de peso, fator que influencia significativamente a capacidade dinâmica.

Coincidindo com a chegada do Spider, agora está disponível uma embalagem Assetto Fiorano na faixa SF90 que economiza 21 kg na balança, devido ao uso de fibra de carbono e peças de titânio – baixando o peso do Spider para 1.670 kg. O pack também adiciona amortecedores Multimatic, pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 e um novo spoiler traseiro.