A irmã Sharon Tate exige que um membro da família Manson não seja libertado em 27 de julho de 2020

Debra Tate, irmã da atriz Sharon Tate, escreveu uma carta ao governador da Califórnia, Gavin Newsom, pedindo que ela rejeitasse a recomendação do Conselho Prisional da Califórnia (EUA) de libertar Leslie Van Houten, um ex-membro do culto criado por Charles Manson.

Aos 26 anos, grávida de seu primeiro filho com o diretor Roman Polanski, Sharon assassinou brutalmente a família Manson em sua residência de 1969 na Cielo Drive, em Los Angeles.

furgão Houten, agora com 70 anos, ainda está sendo morto Rosemary e Leno LaBianca no dia seguinte ao massacre na casa de Tate.

Em uma carta a Newsom, que ele publicou TMZ, Debra suspeita que Leslie tenha sido reabilitada e que “o perigo de tirar essas pessoas da prisão está sempre presente e real. Receio não apenas para mim e outros membros da família que podem ser alvos, mas também para a sociedade”.

A irmã de Sharon também ressalta que ela não aceita o argumento de que os membros da família Manson agora não representam um risco para a sociedade por causa da idade.

“A idade é irrelevante para a psicopatologia. Não há cura para um sociopata. A disposição de cometer crimes violentos não tem prazo de validade. E os criminosos não recuam”, afirmou.

Leslie é a quarta vez que o conselho recomenda a liberdade condicional. As três tentativas anteriores do governador do estado foram rejeitadas.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero