“A realidade acomodará a jovem classe média que vive na favela” – Notas – Glamour

Ele foi o líder de uma das ONGs mais antigas e respeitáveis ​​do país, com foco na reabilitação e inclusão por meio de projetos socioculturais. José Junior é o rosto e a alma do AfroReggae, apesar de não atuar mais como CEO. “Agora sou responsável pelo AfroReggae Audio Visual, uma empresa focada na produção de séries de documentários. Mas continuo acompanhando de perto a ONG. ONG é meu amor, produtor é minha paixão”, diz ele, movendo-se entre altos negócios e política com recursos iguais que “Até 2004, a polícia me considerava um criminoso por seu trabalho em tirar as pessoas do comércio de drogas. Ainda hoje existem pessoas que pensam que eu sou um criminoso. Começamos com aqueles garotos que fazem pequenos trabalhos e até reabilitam com o AfroReggae, tiramos mais pessoas do trânsito do que qualquer outra instituição ”, lembra Junior, que foi entrevistado ao vivo por Joyce Pascowitch nesta sexta-feira.

Extremamente articulado, com anéis pesados ​​nas orelhas e unhas pintadas de azul, o homem de 52 anos do Rio de Janeiro assume que é em vão: “Raspo a cabeça e faço as unhas toda semana. Por vaidade. Eu amo pintar minhas unhas de azul porque é a cor da cura e a minha cor favorita. Não tenho problema se ela é mulher ou não ”. José Junior, muito apegado à espiritualidade, várias religiões e ciências como a astrologia, admite: “Faço um mapa astrológico todo mês. Sou Câncer com a ascensão de Sagitário e o mês de Libra. Também sou muito apegado a Nossa Senhora de Fátima e amo a filosofia de Hare Krishna. “a história da mediação na guerra, tirando as pessoas do trânsito, devo dizer que arrisquei minha vida muitas vezes. Um cara como eu está vivo, isso apenas explica a espiritualidade”.

Atualmente, dedica-se a escrever e produzir séries de documentários. Entre eles, duas ficções de muito sucesso transmitidas pela Globoplay, ‘Division’ e ‘Archangel Renegado’, ambas baseadas em eventos reais. “Eu tive que transformar documentários em dramaturgia. No filme “Arcanjo Renegado”, 40 atores vieram de um comércio de drogas. Treinamos atores, uma equipe de produção … a maioria deles são ex-traficantes e milicianos. Fazemos isso na inclusão. Os protagonistas são sempre negros. Esse é o nosso pedido. Os atores são principalmente atores negros e não-atores que vêm das favelas e da periferia. Achamos isso importante. “

Na improvável etapa das artes e do entretenimento, Junior comemora: “A produtora tem seis projetos em desenvolvimento com o Grupo Globo, todos sem isenção de impostos. Já teremos ganhos este ano. E boa parte dos ganhos produzidos pelo produtor, que é S / A, remonta à ONG, criando sustentabilidade financeira para o projeto social. Esta é uma jornada bonita e incessante. Aqui está a ‘Divisão’, a segunda temporada começa em setembro, a terceira e a quarta já estão sendo escritas; a segunda temporada de ‘Arcanjo Renegado’, a série ‘Betinho’ – sobre o sociólogo e ativista de direitos humanos Herbert José de Sousa – com Julio Andrade como personagem principal; o reality show ‘Na Laje’, que viverá jovens da classe média alta em uma favela por 20 dias, ‘Um jogo que mudou a história’, sobre a formação de facções criminosas no Rio, que durará de cinco a seis temporadas, e ‘Verônica’, a história de um advogado negro muito bem-sucedido da favela, que acaba se envolvendo em um crime … Também baseado em fatos reais. Recentemente, soubemos que a primeira temporada do filme “Division” será exibida na TV Globo, que é um presente. “

Confira este bate-papo incrível aqui na íntegra. Jogos!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero