Turno Zero

Notícias Completas mundo

A vacina chinesa contra COVID-19 mostra-se promissora em testes em humanos, diz o Lancet

Batizada de BBIBP-CorV, a vacina demonstrou ser segura e desencadear uma resposta imune após testes iniciais e intermediários em humanos.

Corrida para pegue a vacina contra o COVID-19 derrotou um novo candidato forte, segundo nota do Lancet publicada nesta quinta-feira (15).

O BBIBP-CorV está sendo desenvolvido pelo Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, uma subsidiária do Grupo Nacional de Biotecnologia da China (CNBG).

Ela até saiu aprovado para o programa vacinação de emergência na China, destinada a trabalhadores-chave e outros grupos de pessoas que enfrentam um alto risco de infecção.

.js">

O BBIBP-CorV envolve uma mistura do vírus morto com outro componente, o hidróxido de alumínio, que é chamado de adjuvante porque sabe-se que aumenta a resposta imune.

Para comprovar a eficácia da injeção, os testes finais da terceira fase, que estão em andamento fora da China, ainda estão pendentes.

Publicação da revista Lancet aponta que a vacina não causou efeitos colaterais graves, no entanto, houve efeitos colaterais que incluíram febre e dor no local da injeção.

O resultado divulgado nesta quinta-feira (15) resultou de um estudo combinado entre a primeira e a segunda fase, que incluiu mais de 600 adultos saudáveis, e foi realizado entre 29 de abril e 30 de julho.

Gabriel Ana

"Estudante apaixonado. Nerd do Twitter. Viciado em bacon ávido. Desordeiro típico. Pensador. Webaholic. Empreendedor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post A BOLA – «Cansado de um presidente que diz uma coisa e faz o contrário» (Benfica)
Next Post “Eu chorei”, confessa Iva Domingues após ouvir um tema de Tiago Bettencourt