Turno Zero

Notícias Completas mundo

Apenas metade da população foi imunizada contra o HPV em Araraquara – Cotidiano

A vacina do HPV é mal aderida pelo Araraquare

Araraquara apresenta baixa demanda por imunização contra o papiloma vírus humano (HPV). A situação é diferente com a cobertura de crianças com vacinação, que geralmente supera a meta de 95%.

De acordo com a enfermeira de Vigilância Sanitária Camili Santiago Belline, neste ano apenas 51% do público-alvo aderiu à vacina contra o HPV.
“Mesmo sendo criança uma criança, lembramos que ela precisa ser vacinada. A partir do momento em que ela cresce, não existe muito dessa cultura. Nossa cobertura média de HPV é extremamente obscura”, destaca.

Crianças do sexo feminino, de 9 a 14 anos, e do sexo masculino, de 11 a 14 anos, devem ser vacinadas contra o HPV.

A enfermeira fala sobre porque é importante vacinar crianças nessa faixa etária.

“É oferecido no início da vida sexual. A criança já estará protegida quando a atividade sexual começar e quando exposta ao HPV, já estará protegida”.
A imunização ocorre somente após essas crianças terem tomado as duas doses da vacina, a segunda das quais deve ser administrada após seis meses.

.js">

A enfermeira explica que em Araraquara mais de 30% das crianças que receberam a primeira dose não voltaram para a segunda. Assim, a vacina não apresenta o resultado esperado.

Para ela, nem todos os pais entendem o risco do HPV e a importância da vacina, como cultura para se trabalhar.

“A vacinação de adolescentes é algo recente, então acaba acontecendo”, acredita.

Dados do Ministério da Saúde revelam que a vacina contra HPV foi introduzida recentemente no calendário nacional de vacinas do Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de março de 2014.

O HPV é um vírus que se acumula na pele ou nas membranas mucosas. Sua ação pode causar infecções e câncer cervical. A vacina previne essas doenças e, portanto, é recomendada.

Existem mais de 100 tipos diferentes de HPV. Alguns tipos podem causar câncer e outros verrugas genitais.

Camila afirma que Araraquara terá um dia de reforço para dar oportunidade às pessoas que não estão em dia com a carteira de vacinação. O ‘Dia D’ será realizado no dia 17 de outubro em todas as unidades de saúde da cidade das 8h00 às 17h00

A vacina do HPV será bem lembrada neste dia Sim, porém, independente da data, a enfermeira lembra que tanto a vacina do HPV quanto outras conhecidas no calendário vacinal podem ser encontradas em 32 postos de saúde de Araraquara, com serviço especial de saúde de Araraquara (SESA ) Eles operam de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h

Gabriel Ana

"Estudante apaixonado. Nerd do Twitter. Viciado em bacon ávido. Desordeiro típico. Pensador. Webaholic. Empreendedor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post Rossi saiu de Portimão encantado: «É um dos melhores circuitos para se andar de moto» – MotoGP
Next Post Revelados Superstars e regras do WWE Draft