All, Hail, SUPREME LEADER! – Lista dos campeões

As naves da Primeira Ordem (First Order, também conhecida como FO) são naves muito semelhantes às naves do Império Galático. Mas logo que você entrar em uma, verá que possuem certas melhorias. Claro, também são um tanto mais caras.

Falando das Tie/fo, não só se sobressaem pelos escudos e sistemas de mira, mas seus pilotos conseguem extrair um desempenho único delas também. Único, esta palavra vai te seguir e muito nessa facção. Seus pilotos tendem a tirar proveito de tudo, mas só pra si mesmos.

Midnight é a mais básica de ver isso, impedindo o inimigo de alterar seus dados (de ataque e defesa) se este estiver sob sua mira.

Quickdraw (Tie/SF), por sua vez, gosta de trocação numa batalha, mas diferente de Dengar, o piloto pode escolher em quem revidar.

Kylo, com sua Tie Silencer mantém-se como visto nos filmes, um personagem que é puro ódio e emana isso contra seus inimigos.

Talvez uma das poucas vezes que veremos um “trabalho em equipe” seria com Lt Tavison na Upsilon (desde que esse tenha o General Hux como tripulante), mas sempre tem um preço a ser pago (no caso aqui é um pequeno stress token).

E então chegamos à lista de hoje:

(45) “Quickdraw” [TIE/sf Fighter]
(2) Fire-Control System
(2) Fanatical
(10) Special Forces Gunner
Points: 59

(76) Kylo Ren [TIE/vn Silencer]
Points: 76

(64) Lieutenant Tavson [Upsilon-class command shuttle]
Points: 64

Total points: 199

Essa foi a lista campeã do Rise of the Force – BH. Para mais listas do torneio, clique aqui.

Não subestime a lista pela “falta de upgrades”, seus pilotos trabalham bem juntos, contrariando a natureza da facção. Suas habilidades, ainda que busquem favorecer ao próprio piloto, podem ser aproveitadas pelos demais.

Tavison é uma nave de suporte mas sua arma primária é um verdadeiro terror. Kylo ativa sua habilidade pra permitir que a Upsilon passe um dano por debaixo dos escudos, sendo assim, diminuindo a escalada pra vitória.

Quickdraw” também pode aproveitar disso, já que pode sempre contar com a ajuda do Tavison, caso o inimigo escolha esse como alvo.

É uma build onde não importa quem você atacar, sempre terá que pagar o preço desse ataque. Gosto muito desse esquema de jogo porque, parafraseando um amigo, “não existe build à prova de balas”. E isso é visto na segunda edição de tal maneira que quase não vemos uma vitória sem perdas adversárias.

Se fosse orientar um jogador novato a usar algo em torneios, com certeza essa build seria uma das principais.

Poucas naves, que mantém uma resistência e respostas imediatas, com mínimas, mas boas mecânicas de combate, sendo assim mais fácil de assimilar e tentar se aventurar de forma satisfatória no jogo.

Buenos Aires Open

Se vocês assistiram o Buenos Aires Open no fim de semana dos dias 10 e 11 de agosto, devem ter percebido uma “similaridade” com o texto acima (escrito originalmente no dia 04 do mesmo mês).

Pra falar a verdade, as listas campeãs são as mesmas e os pilotos citados também.

No evento principal, Henrique “He-Man” foi o campeão, repetindo o desempenho no Rise of the Force em BH. Já Lucas Quaresma foi o campeão do ‘side event’, transformando em festa brasileira a noite do dia dos pais.

Pensei em alterar o texto mas achei melhor esse adendo. Nada que escrevi se perde, tudo é a pura verdade, desde a indicação e dificuldade de jogo. Esses pilotos são parte de uma comunidade ativa em Belo Horizonte de X-Wing, sempre treinando e se superando dia a dia. A equipe do UAI-Wing abraçou o X-WING Second Edition e vem demonstrando um forte trabalho na mesa.

Aliados a demais jogadores do Brasil (como Anderson Panda que montou a lista desses), esse hobby tem tudo pra continuar a ser essa potência em terras tupiniquins. E esse resultado é a consagração do esforço mútuo desses “fanáticos”, que ousaram e conquistaram lugar no terreno inimigo.

Sendo assim, parabéns aos campeões e vamos rumo ao topo.

#borntobeUAI

Henrique “He-Man”, Lucas Quaresma, Pedro Raia, Leonardo “86”.

 

Todas as imagens foram retiradas do site http://www.starwars.com e app X-WING Builder e são de direito da Disney e FFG.

Compartilhe: