Copa do Mundo Legend of the Five Rings – A Seleção Brasileira

Saudações, samurais, aspirantes e curiosos!!

Meu nome é Victor, jogador de Legend of the Five Rings e especializado no clã da Fênix.

Ano passado, no primeiro ano de vida do jogo, foi organizado uma Copa do Mundo de L5R, na qual cada país escolhia três dos seus melhores jogadores de L5R para a disputa. O evento foi um sucesso, mas a escolha de três jogadores limitou um tanto a participação de cada clã. Naquele momento, era acreditado que os melhores clãs eram Garça, Dragão, Escorpião e Caranguejo, e como resultado, a maior parte do torneio foi justamente composta por estes quatro clãs.

Este ano, tudo mudou. Ao invés de apenas três representantes, cada país escolhia sete – um de cada clã! Isso tornou a copa inteira muito mais interessante, especialmente quando jogadores de clãs especializados puderam provar o que cada um podia fazer com um clã considerado “fraco” durante o meta.

Queria aproveitar a oportunidade de falar de cada um dos jogadores que participaram, o baralho de cada um deles, e o estilo de jogo de cada um.

Leandro “holyfieldbr” Ferreira – Leão

Leal, Honrado e Quebra-Tudo

Decklist Bushibuilder

Leandro. O cara, o mito, nosso amado wonder boy. Para quem não conhece, Leandro joga um estilo extremamente peculiar de jogo – uma vitória por honra. Atingir 25 de honra é a mais incomum condição de vitória do jogo, feita de propósito pelos designers por eles terem medo de que a vitória por honra fosse muito simples de atingir. Leandro olha para isso, olha para o clã considerado um dos mais fracos no meta no momento e diz “tá ok”.

Você realmente precisa ser corajoso que nem o Leão para sentar na frente do adversário na hora de comprar cartas e lançar um bid 1 na primeira rodada de jogo, e é exatamente esse o plano do Leandro. Bid 1, roubar honra do adversário, e nunca mais deixar de bidar 1.

O segredo do deck é forçar uma situação em que os dois jogadores possuem poucas cartas na mão, pois o baralho dele foi feito para ganhar nestes cenários. A dinastia é cheia de personagens de alto impacto, como Akodo Toshiro, Invocadora Kitsu, Lutadora do Orgulho do Leão e o honrado Akodo Toturi. O restante da dinastia ou são personagens que o auxiliam na hora de ganhar mais honra (Historiadora Venerável e Prodígio Ikoma) ou personagens que compensam quando você tem mais honra do que o adversário (Recruta Obstinado, Samurai Inabalável).

Com apenas cinco cartas na mão no round 1, Leandro depende muitíssimo de sua dinastia ter o maior impacto por turno possível. No lado do baralho de conflito, ele foca em cartas que o auxiliam a vencer no quesito honra – Corte Perfeito, Alma Além de Reprovação, Kami Liberto todos auxiliam ele a atingir cada turno um pontinho extra de honra.

Apesar do foco em honra, o baralho consegue muito bem ganhar em todos os aspectos do jogo. Se o adversário for muito descuidado com sua própria honra, jogando Assassinato, Banzai! e outras cartas parecidas, ele pode simplesmente partir para desonrar o adversário, utilizando o anel para roubar honra ao invés de honrar a si mesmo.

Mesmo sem buscar necessariamente quebras, este ainda é um deck de leão, e poucas cartas tem tanto impacto e geram tanto poder militar quanto um Caminho do Leão no Akodo Toturi. O importante é levar o jogo ao cenário de bid 1, momento no qual o Leandro aprendeu a pilotar o baralho com maestria.

Daniel “fagohan” Dertoni – Dragão

Duelando e Desonrando Desvairadamente

Deck Bushibuilder

O Dragão é um clã individualista. Após várias adições de cartas do Dragão na Lista Restrita e uma errata em sua carta mais poderosa, Restauração do Equilíbrio, o Dragão sofreu tentando se encontrar novamente. Daniel encontrou seu caminho, no entanto, com um baralho duelo e desonra que pegou muitos gringos de surpresa.

A chave do baralho é a Daishō de Mirumoto: ela oferece primorosos +2 militar e +2 político, mas crucialmente ela força o adversário a sempre bidar no mínimo 2 por duelo. Se o Daniel fizer um bid 1, ele vai retirar um de honra do adversário toda vez. Colocando a Daishō junto com um Comandande de Vigília e de repente o adversário se vê incapaz de fazer nada enquanto que o Daniel o duela até a morte.

O alvo principal para transformar em uma torre é o Mirumoto Raitsugu, que possui stats respeitáveis e um duelo valendo fate incluso em sua carta. Com Caminho do Dragão ele possui outro duelo disponível, Dedo de Jade protege a torre de outros ataques, Tatuagem do Falcão permite Raitsugu a entrar em conflitos e duelar adversários mesmo quando ele está curvado.

Debate de Política é outro duelo que também retira cartas cruciais do adversário e Solte está lá para descartar os Nublar da Mente que passaram, e quando o adversário acha que o demônio está prestes a ir embora, Adiamento garante que Raitsugu sobreviva por mais um turno.

Uma adição recente, Greater Understanding essencialmente força o adversário a atacar um anel específico – ou então permite um trigger extra do anel do ar com o Investigador Kitsuki.

É um deck potente, mas com uma grande fraqueza – ele é caro, custando muito destino, e ele é lento, precisando de no mínimo duas rodadas para adquirir o combo de Pedras do Infinito necessárias para fazer a honra do adversário sumir. Mas quando as peças encaixam o lockdown é imediato e francamente assustador de ver.

André “zorzo” Zorzo- Garça

Versatilidade, Perfeição, e uma Atitude do Inferno.

Deck Bushibuilder

A Garça é perfeição. A Garça é ter uma peça certa para cada ocasião. A Garça é atacar o adversário rápido, forte, e rapidamente recuar para a corte antes que o adversário tenha tempo para se recompor e perguntar o que diabos aconteceu, e o André possui todas as peças para machucar o adversário tanto nas cortes quanto no campo de batalha.

“Versátil” é o nome do jogo para a Garça. Com o objetivo expresso de quebrar províncias, o baralho do André é feito para lidar com tudo o que vier e se proteger de tudo o que pode vir. O Samurai Audacioso é um monstro com 4 poder militar, forte o bastante para quebrar uma província média sozinho.

A Desafiadora Doji força um personagem do adversário a defender algo quando ele preferia muito bem estar atacando ao invés de defendendo. Asahina Takamori olha para o maior personagem do adversário e sorri pois ele sabe que ele não vai fazer nada essa rodada.

Para os maiores personagens de custo 5 do jogo ele possui Daidoji Uji, um monstro de perícia militar e a capacidade de trazer personagens com um desconto para o jogo a qualquer momento, e Kakita Yoshi, o chanceler imperial com a capacidade de encher a mão do André de cartas se ele controlar o favor imperial.

Controle de favor imperial é o que não falta para o André. Além dos personagens de alta glória do clã, ele pegou o splash dragão para ter 3 Mestres Anciões que permitem um snipe inesperado do favor. Todas as outras cartas do deck são algum tipo de resposta para qualquer coisa que o adversário trouxer – Voz da Honra cancela eventos, Solte descarta anexos, Treinamento de Duelista curva personagens irritantes e Representante da Lei junto com Duelo Até a Morte permite o descarte de um personagem crucial do oponente. Com uma boa mistura de anexos, personagens e eventos, André está pronto para o que der e o que vier.

Thiago “thicorfon” Fonseca – Escorpião

Você Já Está Desonrado

Deck Bushibuilder

O Escorpião é um dos clãs mais temidos e odiados no universo de L5R. Traiçoeiros, determinados e focados em seu dever, você precisa ser muito esperto e sagaz para se dar bem no Clã do Escorpião, e o Thiago se provou mais do que capaz, sendo o campeão do Weekender que ocorreu lá no Rio de Janeiro.

O L5R já é um jogo difícil, e ele se torna ainda mais complicado quando você joga o clã do Escorpião. Thiago traz um baralho focado em desonrar o adversário o mais rápido possível, mesmo trazendo a honra do próprio clã para a lama para isso.

O jogo inteiro dele está focado em comprar o máximo de cartas possíveis de seu Conflito em busca das três cópias de Elogio Sarcástico, reduzindo sua própria honra com cartas como Assassinato, Cobrança de Favores e Bayushi Manipulador para ativar sua fortaleza e tirar honra do adversário.

Do lado da dinastia, os Seppun Perseguidores da Verdade permitem que ele procure rapidamente Elogios Sarcásticos. Artistas da Chantagem estão lá para surrupiar honra do oponente, Soshi Ilusionista impede o adversário de honrar seus próprios adversários e escapar da onda de desonra do Thiago e Hantei Sotorii existe tanto para subjugar províncias complicadas do adversário quanto trazer desonra nos personagens do oponente, tornando-os inúteis em conflitos.

Thiago experimentou um pouco com o baralho dele durante a copa, mudando do splash Fênix para Demonstração de Poder e trocando pela Garça, com o objetivo expresso de aumentar o poder do baralho para subjugar províncias do oponente se ele se provar difícil demais para ser desonrado.

Marca da Vergonha pune o oponente que honra seus personagens e facilita o Eu Sei Nadar, Alma Além de Reprovação permite honrar seus personagens de alta glória e facilita a ativação do Sacrifício Nobre. O Magistrado Enigmático congela ataques do oponente com um estalo dos dedos, e Bayushi Kachiko permite que ele lance ataques surpresa quando o oponente menos espera.

Se mesmo com tudo isso o adversário ainda conseguir trazer um personagem para um ataque, o Thiago joga o temido Destino Pior Que a Morte, uma das cartas de maior impacto do jogo inteiro. Você pode achar que tem alguma chance contra o temido Clã do Escorpião, mas o tempo todo você já estava nas garras do Thiago.

Pedro “madnico” Brandão – Unicórnio

O Cavalo em uma Loja de Cristal

Deck FiveringsDB

Os melhores cavaleiros do império, o Unicórnio partiu de Rokugan centenas de anos atrás para conhecer os perigos além do deserto das Areias Escaldantes.

Eles voltaram mudados, e sabem que a melhor resposta para um inimigo que desconhecem é uma ofensiva militar avassaladora, e o Pedro não tem medo de trazer o melhor do Unicórnio para o baralho dele.

Não existe nada sutil no baralho do Pedro – ele foi feito com um único e simples propósito – esmagar o adversário antes que ele consiga se preparar para defender.

A fortaleza Hisu Mori Toride permite a ele fazer um ataque militar extra por rodada, o Unicornio dos Reinos de Marfim permite que ele faça novos ataques imediatamente após ganhar o conflito, Espectadores Capturados inesperadamente transformam um ataque político em um combate militar, e Carga permite que ele traga os monstros militares do Unicórnio para o blitzkrieg com um mínimo de investimento.

Quando um dos personagens é o temido Moto Chagatai você sabe que o oponente naquele momento está suando frio, e três quebras não são incomuns quando o Unicórnio consegue tomar a iniciativa do jogo.

O Pedro mal tem tempo para se defender, e o baralho dele comprova. Peregrinação congela ataques pequenos e Mantendo Autoridade dá uma espiada na mão do oponente e remove qualquer resposta que o oponente tenha contra o ataque do Pedro, mas a mais cruel é o Ordu do Khan – todos os conflitos até o final da rodada se tornam todos militares.

Pedro talvez não tenha uma resposta para os cortesãos e emissários do adversário, mas talvez ele não precise no final das contas.

Mário “mboscoli” Boscoli – Caranguejo

Uma Carapaça Inquebrável

Deck Bushibuilder

O Caranguejo é um clã pragmático e durão. Ele não perde tempo com palavras, deixando suas ações falarem por si mesmas. Desde o ciclo Imperial o clã encontrou um deck poderoso e eficiente, que sofreu poucas mudanças com o passar dos anos.

Afinal, se você achou a melhor defesa do império, para que mudar? Mário, pragmático como o Caranguejo, concorda.

O Caranguejo sabe muito bem o que ele quer, e isso é defender as investidas do adversário e puni-lo com um contra-ataque avassalador. A Montanha Não Cai e Continuar Lutando são as cartas que permitem que o Caranguejo raramente seja pego sem um defensor, e o famoso Comandante de Vigília está lá para punir adversários que tenham a audácia de atacarem os Defensores do Império.

Mário pega o splash Unicórnio pelo Talismã do Sol, trazendo conflitos para o Defender a Muralha e ganhar efeitos do anel na defesa, e o Explorador Iuchi para nunca ser pego desprevenido na hora de atacar. Adiamento, Mina de Ferro e Reconstruir garantem que seus personagens não saiam de jogo tão cedo, especialmente aqueles munidos com Tetsubō de Jade, Barcha e o Comandante de Vigília.

Não poderia deixar de mencionar o famoso combo do Gateway to Meido do Caranguejo, provando que mesmo em morte os guerreiros do Caranguejo não param de Defender a Muralha. Com Meido em jogo e os personagens Yasuki Taka e Yasuki Broker no campo de batalha, o Caranguejo consegue um combo infinito, trazendo o Guerreiro da Vanguarda para o campo de batalha e sacrificando-o para adicionar um de destino a um personagem toda vez.

Mário pode repetir o efeito quantas vezes ele quiser, colocando todo o destino em um personagem e então usando o Tetsubō de Jade para receber todo o dinheiro para si, para ser gasto a vontade com qualquer coisa que ele quiser. O Caranguejo não para, não descansa, e nunca está desprevenido para proteger Rokugan dos temidos oni das Terras Sombrias.

Victor “Tallen” Coy – Fênix

Fúria Elemental e um Pássaro Ensandecido

Deck 1 Bushibuilder

Vou ter que roubar um pouco aqui, pois enquanto que os outros seis jogadores foram todos com baralhos que tiveram poucas variações entre si a Fênix por um breve momento possuiu um carta nova que drasticamente alterou todo o seu plano de jogo.

O primeiro baralho é o que a maior parte das pessoas enxerga como o baralho Fênix tradicional: Perseguidor do Vazio e splash Dragão. O clã mais místico de Rokugan, seus Shugenja possuem alguns dos melhores personagens de jogo e alguns dos melhores efeitos de dinastia.

A Mestra de Gisei Toshi possui um efeito praticamente unilateral de impedir certas cartas de serem jogadas (e a Fenix possui muito mais feitiços que qualquer outro clã), Isawa Ujina força personagens a saírem de jogo à força, e mesmo após a errata Isawa Tadaka é um monstro, capaz de neutralizar uma enorme gama de cartas da mão do oponente.

O splash para Dragão não é nenhuma surpresa: você quer muito Solte para limpar quaisquer cópias de Nublar a Mente do adversário em seus personagens. O Mestre Ancião facilita a aquisição do Favor Imperial, que liga Censurar e o temido Distrito Kanjo.

Com isso em mente, o plano de jogo da Fênix é relativamente simples: consiga uma massa crítica de Shugenjas e atropele com Tempestades Sobrenaturais, utilizando sua fortaleza para ativar o feitiço duas vezes para um golpe praticamente indefensável.

Além disso, a Fênix possui inúmeras maneiras de endireitar o manter seus personagens em pé entre conflitos, o que torna anexos como Katana e Leque muitíssimo valiosos. Contra um baralho agressivo, Demonstração de Poder pode não impedir a quebra, mas te ajuda a ganhar anéis e permite que você faça seu próprio contra-ataque devastador, e contra baralhos que querem ganhar no longo prazo Consumido por Cinco Chamas força personagens poderosos a saírem de jogo antecipadamente.

Deck 2 Bushibuilder

Tudo muda, no entanto, quando entra Guardião do Ar e a carta do Leão Forebearer’s Echoes. Sai Tadaka, Mestra de Gisei Toshi, Isawa Atsuko e o plano de vitória incremental do baralho, entra uma força explosiva com Fushicho, Isawa Kaede e Asako Azunami.

O novo plano de jogo é comprar Miya Satoshi assim que possível e encher sua pilha de descartes com pássaros. Após isso, comprar apenas um shugenja de custo 1 ou 2 que possa receber A Força Dos Meus Ancestrais e usar o feitiço do Leão para trazer Fushicho para um conflito militar. Por causa do timing das cartas, Fushi sai de jogo no final do conflito e traz para a mesa um personagem qualquer (idealmente de alto custo, como Tsukune, Kaede ou Ujina) com um de destino e pronto para batalha.

As novas cartas do ar permitem a utilização de Isawa Uona, e a força explosiva do baralho e capacidade de construir uma mesa de personagens caros com mínimo investimento forjaram um baralho considerado não só fácil de pilotar como extremamente agressivo e eficiente. Como os personagens duram pouco tempo em jogo, anexos são descartados do baralho tradicional de splash dragão.

Trilhando o Caminho aumenta as chances de conseguir personagens de alto custo no baralho se Miya Satoshi não aparecer, e Satoshi possuí apenas 4 alvos possíveis quando sua habilidade é ativada – ele mesmo, O Palácio Imperial e Distrito Kanjo, cada um mais perigoso do que o outro.

A maior fraqueza do baralho é a falta de controle de anexo, mesmo com a Fire Elemental Guard, que é no mínimo difícil de usar efetivamente. Felizmente ou infelizmente, as novas atribuições do jogo retiraram Guardião do Ar das opções da Fênix por tempo indeterminado, o que deu tempo para Rokugan respirar após a invasão do frango assado assassino.


Estes são os baralhos. O que achou? O que mudaria? Se você fosse representar seu clã em uma Copa do Mundo e fosse trazer o seu estilo nacional, o que faria?

Obrigado, e um grande abraço!

Compartilhe: