As ações da Rússia incluem tratado de não proliferação nuclear da Crimeia

A Rússia continua a desenvolver elementos que ameaçam o poder militar, incluindo capacidades nucleares, na península ocupada da Crimeia.

“A Crimeia continua a usar uma ampla gama de armas, incluindo armas nucleares, aeronaves, navios, munições e mísseis antiaéreos. Este último número foi de 32.500 e 44.000 em abril., Disse em uma conferência sobre a situação no Mar de Azov e o Estreito de Kerch. Relatório

Ele ressaltou que a militarização da Rússia na Crimeia está progredindo. Isso está acontecendo em um ambiente onde a ocupação da península e a comunidade internacional não têm controle sobre as atividades da Rússia. A situação atual compromete o regime usual de controle de armas na região euro-atlântica, o que suscita sérias preocupações.

O vice-ministro das Relações Exteriores disse que as autoridades ocupantes da Crimeia de Zur haviam assumido o controle das instalações e suprimentos nucleares e confiscado os antigos arsenais nucleares localizados na península.

“Isso é contra a lei internacional, em particular, a lei da AIEA e o Tratado de Não Proliferação”, disse Dositsky.

ஒல்

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero