BBVA em negociações para fusão com Sabadell – Banca & Finanças

O setor financeiro na Espanha está em plena atividade. Após a fusão entre o CaixaBank e o Bankia, uma nova megaoperação está à vista entre dois dos maiores bancos espanhóis.

A imprensa espanhola afirmou esta tarde que o BBVA e o Sabadell estudam uma união e que aquele que é o segundo maior banco espanhol já confirmou este cenário. Estes dois bancos têm atualmente pouca expressão no mercado português.

O BBVA está em conversações com Sabadell “sobre uma potencial fusão entre as duas entidades”, confirmou o BBVA em comunicado ao regulador espanhol, acrescentando que “foi iniciado o habitual processo de due diligence neste tipo de operações”.

Caso a fusão ocorra, será criada uma instituição financeira com cerca de 960 bilhões de euros em ativos, consolidando o segundo lugar entre os bancos com origem na Espanha. Ficará mais próximo do líder Santander (com forte presença internacional) e mais distante da entidade que resultou da fusão entre o Bankia e o CaixaBank, que em Portugal detém 100% do capital do BPI.


Analisando apenas a sua presença no mercado espanhol, a nova entidade contará com ativos da ordem dos 600 bilhões de euros, aproximando-se do líder regional CaixaBank / Bankia e deixando o Santander mais isolado no terceiro lugar na banca espanhola.

O BBVA / Sabadell tem 46 mil funcionários e mais de 4 mil agências bancárias, e ambos os bancos têm planos para reduzir o número de funcionários.

A fusão entre o BBVA e o Sabadell vem sendo comentada no mercado desde o verão e, segundo a imprensa espanhola, as negociações entre os dois bancos se intensificaram na semana passada.

Este movimento do BBVA é feito no mesmo dia em que este banco espanhol efetuou uma importante venda de ativos que libertou fundos para proceder a novas operações. O BBVA fechou acordo com a PNC Financial Services para a venda de operações de bancos espanhóis nos Estados Unidos, no valor de US $ 11,6 bilhões.

O BBVA já contratou o JPMorgan para estudar a operação, enquanto o Goldman Sachs é o assessor de Sabadell.

Os bancos espanhóis estão na vanguarda da onda de consolidação que se espera no mercado bancário europeu, que se espera acelerar com a crise provocada pela pandemia e que está a ser incentivada pelos reguladores.

Gatilho de ações

O mercado já aplaudiu este possível casamento entre dois dos maiores bancos espanhóis. O BBVA saltou 16%, enquanto Sabadell disparou ainda mais: quase 25%.

À custa do forte desempenho bancário (que também se beneficia de notícias positivas sobre vacinas), o índice espanhol IBEX-35 disparou mais de 8% na semana passada, representando a maior valorização desde 1998.

O BCP aceitou a corrida e na semana passada disparou mais de 30%, o que representa a maior subida de sempre. Hoje avançou 6% a mais e já negocia acima de 10 centavos por ação.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero