Concorrente da SpaceX perde foguetes e satélites após falha no vôo 07.07.2020

Uma das empresas que competem com a SpaceX no setor de lançamento de aeronaves, o U.S. Rocket Lab, teve sua primeira missão fracassada neste fim de semana. Como o foguete que levou os americanos à ISS (Estação Espacial Internacional) em maio, o lançamento do Rocket Lab foi transmitido por vídeo pela Internet. No entanto, alguns minutos após a decolagem, o sinal de vídeo parou. Foi a primeira indicação de que o foguete Electron havia conseguido.

A decolagem deixou a Nova Zelândia no sábado (4). Electron deixou a plataforma com sucesso e tudo parecia normal – o foguete fez sua transição para sua segunda fase – por seis minutos de transmissão, quando a imagem foi congelada. A velocidade do foguete continuou a aumentar, mas a altitude começou a diminuir depois de atingir a marca de 194,8 km.

A empresa interrompeu a transmissão e mais tarde confirmou que ocorreu um mau funcionamento que resultou na perda do foguete e de todos os satélites destinados à órbita terrestre. Intitulada “Fotos ou Não Aconteceu”, a missão capturou satélites que representariam a Terra, incluindo um da Canon do Japão – conhecido pelo público em geral por suas câmeras profissionais.

“O problema ocorreu em aproximadamente quatro minutos de vôo em 4 de julho e resultou na perda segura do veículo. Como resultado, as acusações realizadas pela Electron não foram entregues em órbita”, afirmou o Rocket Lab em comunicado. A empresa disse que investigaria a anomalia em colaboração com a FAA (Federal Aviation Authority, American Anac) para determinar o que causou a falha.

Fundado em 2006, o Rocket Lab completou sua 13ª missão neste fim de semana. Dos outros 12, apenas o primeiro, apelidado de “É um teste”, falhou – de acordo com o The Verge, o objetivo de alcançar a órbita não foi alcançado, apesar do foguete alcançar o espaço e ativar seus dois estágios. Houve 11 missões de sucesso até a que deu errado neste fim de semana, atendendo clientes como a Força Aérea dos EUA e Darpa (Agência de Pesquisa de Defesa Avançada).

Peter Beck, fundador e CEO da Rocket Lab, pediu desculpas pela omissão no Twitter. “Perdemos o voo no final da missão. Lamento profundamente que não tenhamos entregado os satélites de nossos clientes hoje. Tenha certeza de que encontraremos o problema, o corrigiremos e voltaremos ao local de lançamento em breve”, escreveu ele.

Assista ao vídeo do show

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

TURNOZERO.COM PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Turno Zero