Turno Zero

Notícias Completas mundo

Farmacêutico Pfizer espera ter vacina na terceira semana de novembro

“UMAPresumindo que os dados sejam positivos, a Pfizer solicitará uma autorização de uso de emergência nos Estados Unidos logo após a etapa de segurança ser alcançada, na terceira semana de novembro“, estes Albert Bourla em carta aberta publicada hoje em seu site.

Os Estados Unidos podem ter duas vacinas prontas até o final do ano, se os ensaios clínicos em andamento forem bem-sucedidos e a agência de medicamentos (FDA na sigla original) para autorizar sua distribuição, já que Moderna também aponta para o mês de novembro, após as eleições presidenciais dos EUA.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que está concorrendo a um segundo mandato, disse que uma vacina poderia estar disponível antes das eleições de 3 de julho. novembro.

Pfizer seguiu as instruções de FDA, que na semana passada pediu aos promotores da vacina que esperassem dois meses após a segunda dose ser injetado em participantes de ensaios clínicos, para monitor o aparecimento de quaisquer efeitos colaterais graves.

Como ações as empresas farmacêuticas estavam aumentando mais de 2% no comércio eletrônico antes da abertura da Bolsa.

O presidente da Pfizer, sócia da empresa alemã BioNTech, disse que o teste em andamento envolvendo 30.000 pessoas pode produzir resultados sobre a eficácia da vacina nas próximas duas semanas.

“Podemos saber se nossa vacina é ou não eficaz até o final de Outubro“escreveu Albert Bourla.

UMA FDA estabelece três condições para a aprovação de uma vacina: se é eficaz, se é segura e se a empresa tem capacidade de produzi-la em larga escala. A Pfizer acredita que as três condições serão atendidas na terceira semana de novembro, dentro de um mês.

.js">

A data é semelhante à anunciada na semana passada por outra empresa, a Moderna, mais avançada em ensaios clínicos, cujo responsável referiu o dia 25 de novembro.

UMA pandemia do covid-19 já causou mais de um milhão e noventa e nove mil mortes e quase 39 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo relatório da agência francesa AFP.

Em Portugal, 2.149 pessoas morreram em 95.902 casos de infecção confirmado, de acordo com o mais recente Direção-Saúde geral.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site escolhido pelo quarto ano consecutivo Consumer Choice.
Baixe nosso aplicativo gratuito.


Download do Google Play

Daiana Juli

"Típico viciado em internet. Empreendedor. Leitor. Amante da web. Pensador. Futuro ídolo adolescente. Estudioso de Bacon. Aficionado por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post BLITZ – Eddy Quintela, o português de Fleetwood Mac, morreu
Next Post Boris Johnson anuncia que os britânicos devem se preparar para um Brexit sem acordo