Turno Zero

Notícias Completas mundo

Google promete acelerar transformação digital em Portugal | Empresas

O Governo e a Google assinaram esta terça-feira um memorando de entendimento para acelerar a transformação digital em Portugal e apoiar a recuperação económica do país.

O programa Faça crescer Portugal com o Google inclui acesso gratuito a vários cursos online do Google, bem como ferramentas de inteligência artificial para facilitar a digitalização de iniciantes e PME portuguesas. É parte do compromisso do Google de ajudar 10 milhões de pessoas e empresas na Europa, Oriente Médio e África a usar mais ferramentas digitais (várias das quais são desenvolvidas pelo Google) até o final do próximo ano.

Em Portugal existem três grandes focos: qualificação, ajudar iniciantes e PMEs para fazer a transição para o digital e apoiar projetos de inteligência artificial.

“Este memorando é particularmente significativo porque mostra que um líder mundial em várias tecnologias disponibiliza à nossa comunidade ferramentas que permitem um mundo digital mais inclusivo”, sublinhou o ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, na apresentação do memorando. “Estamos em um mundo cada vez mais conectado, onde a distância física conta cada vez menos.”

Para o governador, a qualificação é o eixo principal do acordo. “Seja no acesso básico a ferramentas digitais, seja no desenvolvimento de linguagens de programação”, esclarece, acrescentando que “ainda temos uma percentagem muito significativa de pessoas que não utilizam regularmente a Internet”.

De acordo com Relatório de 2020 do Índice Digitalizado de Economia e Sociedade (DESI), 22% da população portuguesa nunca teve acesso à Internet. O Google quer ajudar a resolver o problema.

.js">

Na nova página Cresça com o Google agora você pode acessar cursos online sobre crescimento pessoal, estratégias de negócios de sucesso e ferramentas digitais para iniciantes, aulas online, conteúdo do YouTube, aplicativos Android, organizações sem fins lucrativos e instituições culturais. Três de workshops, de expansão internacional para empresas da área de retalho, foram organizadas em conjunto com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

“O Google vai ajudar quem procura emprego, quem precisa de formação e quem precisa de ajuda na digitalização dos seus negócios”, resumiu Bernardo Correia, director geral da Google em Portugal, durante a apresentação.

O memorando também inclui o lançamento da segunda edição do Programa de treinamento Android (visa formar cerca de três mil programadores em Portugal) e a disponibilização de AI para Negócios (uma ferramenta que ajuda as empresas a incorporar aplicativos de inteligência artificial adequados). O Google também se juntou à empresa portuguesa de capital de risco Indico Capital Partners para lançar o programa de aceleração ‘Indico Accelerator Program desenvolvido pelo Google para Startups’, que está acontecendo com o apoio da StartUp Portugal.

O governo espera parcerias semelhantes com outras empresas no futuro. “O protocolo que assinamos hoje é com o Google. Esperamos firmar outros protocolos com outros parceiros ”, destacou André de Aragão Azevedo, Secretário de Estado da Transição Digital. “O suporte do Google para capacitar nosso ecossistema deve ser valorizado.”

Carlos Jorge

"Orgulhoso especialista em café. Webaholic. Guru zumbi. Introvertido. Ávido aficionado por cerveja. Analista. Totalmente praticante de tv. Amante premiado de comida. Estudante."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post Novos casos aumentam no Reino Unido. 7.143 contágios em 24 horas
Next Post Resposta à pandemia. Governo aplica subsídios e descarta empréstimos