Turno Zero

Notícias Completas mundo

Homem mais procurado do Ceará morre em resposta à prisão do RJ, diz polícia – 31/07/2020

Homem mais procurado do Ceará morre em resposta à prisão do RJ, diz polícia – 31/07/2020

O albanês Darlan Batista Guerra, o homem mais procurado no Ceará, morreu nesta manhã quando reagiu a um mandado de prisão no Rio de Janeiro, disseram a polícia civil. Ele foi encontrado em uma propriedade no bairro Gardênia Azul, a oeste do Rio, com agentes confiscando uma arma e um carro de luxo.

Com mandados de prisão preventiva pela morte de um advogado assassinado dentro de seu próprio escritório e genro, Darlan é nomeado pela polícia do Ceará como chefe da Comand Vermelh, uma facção criminosa que atua em seu estado. Ele também é suspeito de envolvimento em outros seis assassinatos. Segundo os investigadores, ele estava escondido no Rio por uma semana.

As autoridades cearenses ofereceram R $ 10.000 pelas informações que levaram ao seu paradeiro – essa é a mesma recompensa pela prisão de Wellington da Silva Braga, Ecko, nomeado chefe da maior milícia do Rio.

Após as informações serem repassadas pela polícia de homicídios do Ceará nesta quarta-feira (29), os agentes conseguiram localizar Darlan. Segundo a polícia civil do Rio, o suspeito respondeu a um mandado de prisão dentro da propriedade e morreu enquanto foi baleado no local. A ação foi realizada pela DRFA (Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos), com o apoio do Core (Coordenação de Recursos Especiais), uma unidade tática da Polícia Civil.

Antes de partir para o Rio, Darlan já havia conseguido escapar de cinco operações policiais em seu estado natal. Em um deles, um grupo de trabalho foi organizado com a participação de mais de 100 agentes.

Há até funk nele. O governo do Ceará já entrou em contato com a polícia civil do Rio para agradecer. Isso mostra a importância que ele tinha na hierarquia do crime

Márcio Braga, delegado da DRFA

.js">

Assassinatos

31.jula.2020. – A polícia do Ceará ofereceu uma recompensa de 10.000 RN por informações que levaram ao paradeiro do traficante de drogas Darlan Alban Batista Guerra, chefe do narcotráfico no Comando Vermelho, morto em uma operação policial no Rio

Imagem: Detecção / Polícia Civil do Ceará

Darlan tinha um mandado de prisão preventiva aberto pela morte de Francisco Erivald Rodrigues, que era um policial civil aposentado, advogado criminal e ex-vereador. Ele levou um tiro na cabeça em julho de 2018 dentro do escritório onde trabalhava, em Fortaleza, capital do Ceará.

O suspeito também é acusado pelo assassinato de seu irmão em fevereiro deste ano. Segundo as investigações, Francisco José da Silva Barros foi morto por ter alegadamente atacado a irmã de Darlan.

O suspeito ainda é acusado de envolvimento em outros seis assassinatos entre 2016 e maio de 2019.

Daiana Juli

"Típico viciado em internet. Empreendedor. Leitor. Amante da web. Pensador. Futuro ídolo adolescente. Estudioso de Bacon. Aficionado por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

‘Old Guard’ da Netflix é uma marca registrada da diversidade de Hollywood, diz o ator Chiwetel Ejiofor
Previous Post ‘Old Guard’ da Netflix é uma marca registrada da diversidade de Hollywood, diz o ator Chiwetel Ejiofor
Os Estados Unidos estão prontos para agir contra o controlador do TikTok, dizem fontes – 31.7.2020
Next Post Os Estados Unidos estão prontos para agir contra o controlador do TikTok, dizem fontes – 31.7.2020