Lançamento histórico da sonda árabe em Marte adiada devido às condições climáticas – 14/07/2020

Dubai, 14 de julho de 2020 (AFP) – O lançamento histórico da primeira missão espacial árabe em Marte, liderada pelos Emirados Árabes Unidos, terá que esperar um pouco mais: o lançamento da sonda, prevista para esta terça-feira, foi adiada por dois dias devido às condições climáticas.

A sonda, apelidada de “Al Amal” (“Hope”) e que deve fornecer uma imagem completa da dinâmica da temperatura na atmosfera do planeta vermelho, representa a próxima fase do ambicioso programa espacial dos Emirados Árabes Unidos.

O “Al Amal”, com 1.350 kg e o tamanho de um veículo 4×4, deveria ser lançado no ambiente espacial japonês em Tanegashima na quarta-feira de manhã (horário local, às 17:51, horário do Brasil), mas a operação foi adiada devido ao mau tempo, anunciou é uma agência espacial dos Emirados.

“A agência espacial dos Emirados Árabes Unidos e o centro espacial Mohammed ben Rachid, em colaboração com a Mitsubishi Heavy Industries, anunciam o adiamento do lançamento da sonda Nada devido às condições climáticas”, anunciou o governo do Emirado no Twitter.

A partida do Centro Espacial Japonês em Tanegashima foi adiada para quinta-feira às 20:43 GMT (17:43 Brasília, sexta-feira de manhã no Japão).

– Projetos – As ambições do Emirado, um país do Golfo do petróleo, são percebidas como uma salvação da idade de ouro, das grandes conquistas culturais e científicas do Oriente Médio.

O estado federal, formado por sete emirados (ou principados), incluindo Abu Dhabi e Dubai, possui nove satélites em órbita terrestre e planeja lançar outros oito nos próximos anos.

Em setembro de 2019, Haza al Mansuri foi o primeiro cidadão do Emirado a ser enviado ao espaço em um foguete Soyuz e o primeiro cidadão árabe a permanecer na Estação Espacial Internacional (ISS).

As ambições do país vão ainda mais longe, pois planeja construir uma colônia humana em Marte até 2117.

Ao mesmo tempo, o país planeja criar uma “cidade científica” no deserto, fora de Dubai, para simular as condições do planeta vermelho e desenvolver a tecnologia necessária para colonizar Marte.

Os Emirados Árabes Unidos também estão considerando projetos de mineração e turismo espacial e assinaram um acordo de protocolo com a Virgin Galactic, uma empresa de turismo espacial de propriedade do bilionário britânico Richard Branson.

– Jornada da “esperança” – O próximo passo é lançar a sonda “Al Amal”. Levará sete meses para percorrer março de 493 milhões de quilômetros, a tempo de comemorar o 50º aniversário da unificação dos sete emirados em 2021.

A sonda permanecerá em órbita pelo ano marciano de 687 dias.

Três equipamentos fixados em “Esperança” fornecerão uma imagem completa da atmosfera de Marte durante o ano marciano.

O espectrômetro infravermelho medirá a atmosfera mais baixa e analisará a estrutura de temperatura, o sensor de imagem de alta resolução fornecerá informações sobre os níveis de ozônio e, finalmente, o espectrômetro ultravioleta medirá os níveis de oxigênio e hidrogênio a uma distância de até 43.000 quilômetros.

Entender as atmosferas de outros planetas fornecerá uma melhor compreensão do clima da Terra, apontam os coordenadores das missões espaciais.

Localizado em uma região abalada por conflitos e esmagada por dificuldades econômicas, o projeto também é visto como uma inspiração para toda uma geração e um lembrete da altura do progresso científico na Idade Média.

“Os Emirados Árabes Unidos querem enviar uma mensagem forte aos jovens árabes e lembrá-los do passado. Em um ponto da história, éramos geradores de conhecimento”, diz Omran Charaf, diretor do projeto da missão.

dm / sls / aem / wa / mab-mar / zm / fp

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero