Turno Zero

Notícias Completas mundo

Luís Filipe Vieira explica corte de relações com Pinto da Costa

Redação

Tópicos

O presidente do Benfica diz que houve um momento em que Pinto da Costa traiu a palavra dada num acordo e que, desde então, deixou de ter uma relação normal com o dirigente do FC Porto.

Em entrevista à RTP3, Luís Filipe Vieira foi questionado sobre o corte de relações com Pinto da Costa e o líder dos encarnados revelou um encontro entre os dois, para além do então presidente de V. Guimarães e Braga, para definir o futuro da presidência da Liga.

O presidente do Benfica diz que chegou a acordo com Pinto da Costa para a escolha do presidente – Luís Duque – e que mais tarde o acordo foi rompido, quando Pedro Proença assumiu a liderança daquele órgão com o apoio dos dragões, segundo Vieira.

.js">

“Uma vez houve um encontro entre mim, Pinto da Costa, Júlio Mendes [antigo presidente do V. Guimarães], António Salvador, Domingos Soares de Oliveira e Antero Henrique. Ninguém nunca soube que tínhamos nos conhecido. Nesta conversa disse ao presidente do FC Porto: ‘A resolução da Liga passa-nos a ambos. Nem o FC Porto nem o Benfica podem ter membros nos órgãos sociais da Liga. O presidente escolhe quem quer, mas não pode pertencer a nenhum dos clubes. O primeiro nome que disse foi Jorge Neto. Eu disse: ‘Presidente, este é um jogador do Porto. Se for o caso, encerramos a conversa, não vale a pena ‘. Então ele me disse para escolher e sugeri o Luís Duque. Caminhamos em paz, uma relação normal entre os dois clubes. Mas um dia, Pedro Proença despede-se dos árbitros e diz que vai se candidatar à presidência da Liga e que teve o apoio do FC Porto. Isso depois de seis meses [Proença substitui Duque ao fim de nove meses]. A partir daí nunca mais voltei a falar com ele, não me interessou ”, explicou, sublinhando que mantém uma relação formal com Pinto da Costa, quando necessário, dando o exemplo do encontro que tiveram com António Costa para falar de futebol e a questão da pandemia.

“A pedido do presidente da FPF, dados os problemas com a pandemia, decidimos reunir-nos com o primeiro-ministro e éramos os três presidentes dos grandes e correu tudo bem. Falei normalmente com o Pinto da Costa. outro lado não se cumpre, não vale a pena. “

Patrícia Joca

"Desordeiro profissional. Amigo dos animais em todo lugar. Especialista em mídia social. Analista dedicado. Empreendedor amador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post João Almeida explica os quilómetros finais: ″ Tirei o auricular … ″
Next Post Estudo comprova presença de coronavírus no cérebro do paciente – Folha do Bico