Turno Zero

Notícias Completas mundo

Mamografia reduz em 30% a mortalidade por câncer de mama – Paraná

O objetivo da campanha Outubro Rosa é alertar para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e estimular as mulheres a preveni-lo. Isso porque quanto mais cedo o problema for detectado, na maioria dos casos aumenta a possibilidade de tratamentos menos agressivos e com maior sucesso. Uma das maneiras mais eficazes de fazer isso acontecer é um exame rápido e muito eficaz: a mamografia.

Porém, nos últimos oito meses, houve uma redução significativa na procura por esse tipo de exame no hospital Câncer Uopeccan em Cascavel. De janeiro a setembro deste ano, foram realizados 4.463 exames. No mesmo período de 2019, foram realizadas 7.754 mamografias.

“Já está comprovado cientificamente que a mamografia de rastreamento reduziu em 30% a mortalidade por câncer de mama porque, logo no início da doença, o tratamento é mais simples e eficaz”, alerta o maologista Uopeck Emerson Wander Silva Soares.

A campanha de acesso ao diagnóstico e tratamento precoce foi intensificada durante o Outubro Rosa e não é surpresa. Segundo estimativa do Inca (Instituto Nacional do Câncer), 66.280 novos casos da doença devem ser registrados no Brasil este ano.

Mas é importante que a atenção à saúde da mulher também exista noutros meses do ano, razão pela qual o Hospital Ceonc do Câncer lançou uma campanha de sensibilização “Outubro é rosa todos os dias”.

O oncologista Reno Paulo Kunz amplia: “A partir da mamografia, podemos visualizar possíveis tumores, iniciando o tratamento precocemente, melhorando o prognóstico”, explica o médico.

Se alguma alteração for encontrada durante o exame de triagem, o paciente é encaminhado para o curso de tratamento. “Caso algo seja detectado, complementamos o diagnóstico com exames de ultrassom, ressonância magnética, biópsia e mapeamento de marcadores tumorais da lesão”, explica Reno.

Consciência virtual, resultado real

Historicamente, o Outubro Rosa tem sido marcado por uma série de ações públicas de conscientização e agendamento de exames em locais como praças e calçadas, mas neste ano as ações migraram para a internet por conta da pandemia.

A Uopeccan realiza atividades internas, como entrega de mapas para alertar colaboradores, pacientes e seguidoras, e divulga a hashtag #Setocamulher nas redes sociais com orientações e dicas de prevenção ao câncer de mama. As palestras realizadas nas empresas foram substituídas por vídeos sobre o assunto e são repassadas aos colaboradores.

Toque-se! A importância do auto-exame

A próxima atitude preventiva que a própria mulher deve fazer a partir dos 20 anos é o autoexame das mamas, de preferência sete dias após o início da menstruação.

Ele deve observar e sentir as áreas ao redor das mamas e axilas, observando quaisquer anormalidades como caroços, caroços ou secreção. Se alguma alteração for detectada, procure atendimento médico imediatamente.

Toda mulher deve estar atenta aos sinais da doença: “O mais comum é a presença de um caroço, mas outros sintomas devem ser levados em consideração, como inchaço e vermelhidão das mamas, retração da pele, dor, inversão dos mamilos, presença de secreções e artérias sob as axilas”, diz a mastologista Emerson. Wander Silva Soares.

.js">

Os compromissos podem ser agendados por telefone ou online

Ao longo do ano, mulheres com mais de 40 anos podem agendar mamografias gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde) diretamente no CDI (Centro de Diagnóstico por Imagem) do Hospital Uopeccan. Você pode solicitar o serviço pelos telefones (45) 2101-7015 em Cascavel e (44) 2031-0754 em Umuarami.

Mamografias gratuitas também podem ser agendadas no local outubrorosa.uopeccan.org.br. A mulher preenche um formulário curto e superprático, escolhe em qual unidade prefere fazer o exame e aguarda que a equipe a contate para concluir o encontro.

Outro local que também faz mamografia de graça é o Ceonc. O paciente acessa por meio de outubrorosa.ceonc.com.br e realiza o mesmo procedimento: preenche uma pequena ficha de registro e aguarda o retorno da equipe do hospital para confirmar a data e o horário disponíveis para o exame.

“É importante que os exames preventivos não demorem, porque sabemos que em oncologia o tempo faz a diferença. Quanto antes for feito um diagnóstico possível, melhor para o paciente ”, enfatiza o oncologista da Ceonc, Reno Paulo Kunz.

O que é mamografia?

A mamografia, também chamada de mastografia, é um exame de imagem obtido por mamografia, um dispositivo que aplica pequenos pedaços de raios-X para criar raios-X da mama.

Recomenda-se que isso seja feito uma ou duas vezes por ano ou conforme recomendado pelo seu médico.

Para mulheres que já tiveram câncer de mama na família, os médicos recomendam fazer o teste mais cedo.

Os homens também fazem mamografias. Muitas pessoas não sabem, mas um homem em cada 100 mulheres pode ter câncer de mama e, portanto, atenção: quando perceber a presença de um nódulo ou aumento do volume da mama, recomenda-se consultar um médico que investigará e fará uma mamografia.

BRDE4

Gabriel Ana

"Estudante apaixonado. Nerd do Twitter. Viciado em bacon ávido. Desordeiro típico. Pensador. Webaholic. Empreendedor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post BOLA – Felipe Anderson explica porque foi para o Dragão (FC Porto)
Next Post Depois de ter faturado mais de 255 mil euros em um ano! Maria Cerqueira Gomes fecha empresa – Nacional