O deputado bolonista cria o PEC para que o Rio volte a ser a capital do Brasil – Chico Alves

Para acabar com o colapso econômico e a escalada do crime no Rio de Janeiro, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) propõe uma solução incomum. Ele apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para tornar a cidade uma capital federal novamente, compartilhando esse status com Brasília. O congresso seria transferido para o território do Rio de Janeiro.

Silveira defende, no texto da PEC, “que é indiscutível que o Rio de Janeiro é mais capital que o Brasil”, porque possui “bases de instituições e ministérios federais” e o maior número de autoridades federais no país.

Entre as inspirações citadas pelo deputado estão Bonn, antiga capital da Alemanha, que atualmente é uma cidade federal, lar de seis ministérios; Rússia, onde São Petersburgo é a segunda capital; África do Sul que possui três capitais (Pretória, Cidade do Cabo e Bloemfontein); China, onde Pequim é a “capital do norte” e Nanjing, a “capital do sul” e a Coréia do Sul, representadas por Seul e Sejong.

No texto, ele explica que o presidente enviava regularmente para o Rio, uma cidade federal, que teria a sede dos ministérios. Para ele, isso aliviaria o problema do isolamento dos políticos em Brasília.

“Capitais distantes da população reduzem a responsabilidade”, diz Silveira. “O Rio vai do problema à solução, uma vitrine para a recuperação do Brasil.” A proposta foi apresentada ontem e aparecerá no site da Câmara se receber 117 assinaturas.

Daniel Silveira é um dos deputados sob investigação por falsas notícias da Suprema Corte.

.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero