O grupo foi pego se divertindo em barcos a motor na orla de Guaíba, em Porto Alegre

Hoje, um grupo de mais de dez pessoas foi visto em duas lanchas no litoral de Guaíba, em Porto Alegre, em meio a uma pandemia da nova coronavírusA situação ocorreu no mesmo dia em que a cidade aprovou uma regulamentação mais restritiva sobre o isolamento social, que proibia a abertura de instalações comerciais, de serviços e industriais. A abertura de marinas, onde costumam residir navios, também foi impedida.

Nas fotos, algumas aparecem sem máscaras, bebem bebidas e tiram selfies. Duas mulheres estão dançando de biquíni – a temperatura máxima na cidade chegou a 29 ° C. Uma delas chegou a publicar sete histórias no Instagram no momento da publicação – em uma delas ela escreveu “Olá” a Usina do Gasômetro, considerando o ponto turista na cidade.

A explosão foi realizada por uma equipe da RDC TV, que estava se preparando para ir ao ar. Enquanto as imagens estavam sendo transmitidas, o apresentador de televisão interrogou o vereador Walter Nagelstein (PSD) e reclamou do episódio. “Acontece que os mais afetados são as pessoas que poderiam trabalhar de maneira organizada e por respeito, cuidando da assepsia. Eles não podem trabalhar”, observou ele.

O vereador criticou a prefeitura pelo fato de a cidade ter colocado a bandeira vermelha na classificação – a segunda com o maior risco de infecção por covid-19. “É algo que deveria ter sido fornecido desde 15 de março deste ano, quando iniciamos as medidas de isolamento social. O isolamento social tinha apenas um objetivo, e isso era achatar a curva de contágio”, observou Nagelstein.

O comando da 5ª Companhia da Marinha informou que a responsabilidade pela supervisão de questões relacionadas ao Covid-19 é da cidade. “É de responsabilidade das Capitanias dos Portos monitorar a segurança do tráfego aquático nas áreas competentes, com o objetivo de navegação segura, proteção da vida humana no mar e prevenção da poluição ambiental por navios, plataformas e suas instalações de apoio”, observou a autoridade em nota.

“A inspeção de navios, pela Marinha, é realizada por meio de inspeções navais (IN) inesperadamente e aleatoriamente em dias. No meio de uma pandemia de coronavírus, as equipes do IN usam máscaras e luvas durante o acesso e buscam aumentar a conscientização sobre os que foram examinados quanto às necessidades de prevenção da covid-19”. a marinha acrescentou.

O escritório de inspeção, vinculado à Prefeitura, disse que não havia sido notificado do caso, mas estava investigando a situação.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero