Turno Zero

Notícias Completas mundo

O PCC tem um núcleo feminino tão violento quanto o masculino, diz polícia de AL – 28.07.2020

O PCC tem um núcleo feminino tão violento quanto o masculino, diz polícia de AL – 28.07.2020

Anteriormente considerado uma facção criminosa exclusivamente masculina, o PCC (Primeiro Comando da Capital) hoje consiste em dois grupos de homens e mulheres – ambos com a mesma hierarquia, poder de julgamento e nível de violência aplicados contra facções rivais e ex-membros,

As forças de segurança de Alagoas, que realizaram quatro ações policiais integradas contra a facção criminosa, anunciaram hoje as mulheres como “damas do crime”, protagonistas da liderança do PCC. Segundo as investigações, as mulheres estão envolvidas em tráfico e assassinato de drogas.

As ações de hoje são chamadas de Flashback II, Damasco, Nord e Retoma. Hoje, as ações policiais estão tentando cumprir 216 mandados de busca e apreensão em dez estados brasileiros, sendo Alagoas o mais concentrado, com 98 ordens judiciais. Outros países são: Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí e São Paulo. As ordens judiciais visam remover o PCC das facções criminosas.

Pesquisas mostraram que pelo menos 18 mulheres fazem parte da cúpula do PCC em Alagoas. A polícia informou que pelo menos três assassinatos e uma tentativa de assassinato foram atribuídos a “criminosas”. Duas gravações de áudio gravadas durante teleconferências interceptadas pela investigação mostram mulheres ordenando a morte e relatando como as vítimas foram mortas.

“Eu fui lá irmã, abri a cabeça do currículo [Comando Vermelho], você sabe? Eu dei o cu. Eu quebrei o coco [cabeça], foi atingido nas costas. Eu quebrei a cabeça dele, perfurei sua cabeça, seu crânio, sabia? Coloquei a ponta do ferro nos olhos e ouvidos porque é lixo “, disse um dos criminosos, relatando o assassinato.

“A enfermeira sai para passear onde há uma fila aberta, não consigo ouvir. Você pode continuar lá”, responde outro suposto membro do PCC.

“Primeiro, meu irmão atirou nele três vezes e ele fugiu. Foi quando eu o ouvi dizer ‘olá, olá’ ‘, eu disse:’ ei, ele ainda está vivo ‘. Sou uma mulher, comandante, total.” Seja homem ou mulher, sou CV, tenho total autonomia para matar e matar se for lixo, porque sou PCC. Celebramos porque matamos lixo (sic). Há irmãos que aplaudiram “, relata a PCC” senhora da morte “

Em outro som, uma mulher identificada como a “senhora da morte” diz que usou o poder da sedução para atrair membros da quadrilha criminosa de Comanda Vermelha, que seria alvo de um assassinato por um grupo de mulheres do PCC.

“Você vem me mostrar onde o cara está. O mais novo foi lá comigo e eu fiquei assim, usei minha sedução. Sou mulher e sei como quero obter currículo e registro. (…) conversei com o lixo, marquei Eu o mato e conversei, trocando idéias, minha irmã? Tem isso e aquilo na porta, ele é muito louco. Perguntei onde moro e disse em Marechal Deodoro [cidade da região metropolitana de Maceió] para que ele não percebesse que eu era um PCC “, relata a mulher, a quem o interlocutor chamou de” senhora da morte “. Foi baleado nas costas, baleado no braço, baleado na perna e baleado no braço “.

Segundo o Ministério Público do Estado de São Paulo, que está investigando a facção, historicamente não existe um lugar grande no PCC onde haja mulheres, homossexuais e menores.

Investigação quatro meses

Duas armas de fogo foram apreendidas e houve resistência à prisão. O delegado Gustavo Henrique, coordenador do Deic (Departamento Especial de Investigações e Detenções) da Polícia Civil de Alagoas, informou que uma pequena quantidade de drogas foi apreendida porque “os chefes não têm material que pode ser feio”. “Portanto, não havia muita preocupação”, disse ele.

.js">

O coordenador de Deica disse que as investigações analisaram o desempenho das mulheres no topo da organização criminosa, com as mesmas funções que os líderes do PCC e violentas que os homens. Durante quatro meses, a facção criminosa foi monitorada por interceptações telefônicas aprovadas pelo 17º Tribunal Penal na capital.

“De fato, por um tempo, o PCCh foi predominantemente composto por membros do sexo masculino. Depois que o trabalho duro das forças de segurança começou a prender os membros do sexo masculino e levá-los para as prisões, eles precisavam de alguém confiável fora da prisão para articular as ações de rua. Essa tarefa fracassou.” à mãe, irmã, esposa, acompanhante. É esse fenômeno que levou o núcleo feminino a aparecer na CPY, onde eles ocupam os mesmos cargos de comando masculino e são violentos como os homens “, disse o delegado.

O delegado também apontou que os dois núcleos são “harmoniosos” e não interferem entre si. “As mulheres assumiram o mesmo papel que os homens. Elas comandam as execuções de membros de grupos rivais e atuam em tribunais disciplinares, que são ordenanças conhecidas, que um membro é considerado indigno e condenado perante um tribunal criminal”, diz Gustavo Henrique.

A Operação Flashback 1, lançada no ano passado, tem como alvo sete mulheres. Mas após as investigações, o Flashback 2 identificou pelo menos 18 mulheres e apenas um homem.

“Nós, no Deic, já acompanhamos esse aumento na participação de mulheres no grupo criminoso. Especificamente para esse grupo de mulheres, observamos o tribunal criminal, onde uma pessoa da facção rival é julgada e executada. A maioria desse tribunal é composta por mulheres. Três mulheres e um homem participaram. que também tinha um homem na prisão. Essas gravações em áudio mostram o grau de violência e perigo desses objetos. Eles têm o mesmo núcleo que o homem, com todas as hierarquias, com o mesmo poder de decisão, para determinar execuções “, afirmou o delegado.

O comandante do 8º BPM Major, Henrique Jatobá Correia, explicou que em uma operação ele começou a “incluir mais três ações, devido a investigações passadas”. “Mais forças se uniram, mais estados se uniram e conseguimos realizar uma operação mais ampla”, explicou.

“Eles começaram com as mulheres participando do PCC como uma missão de mensagens ou transportando algo para dentro da prisão. O PCCh começou a pensar maior e foi para as prisões femininas, que elas não usavam, começou a batizar mulheres tão violentas quanto os homens. Mulheres que têm similar perfis violentos de homens, 18 mulheres e um homem. Hoje, 39 mulheres foram alvo de prisões, buscas e apreensões “, afirmou o chefe.

Desempenho na prisão

A SAA / AL (Secretaria de Segurança Pública de Alagoas) informou que, das 216 ordens, 31% das metas da operação e outros núcleos já estavam fechados nas unidades prisionais. Em Pernambuco, todas as 15 metas foram fechadas. No Mato Grosso do Sul, dos 23 alvos, 19 foram presos.

Em Pernambuco, 16 mandados de prisão e mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Alagoas, em detrimento de membros da organização criminosa que já cumpriam sentenças restritivas de liberdade. As ordens foram executadas pela polícia civil de Pernambuco.

* Em colaboração com Luís Adorno, do UOL, em São Paulo.

Daiana Juli

"Típico viciado em internet. Empreendedor. Leitor. Amante da web. Pensador. Futuro ídolo adolescente. Estudioso de Bacon. Aficionado por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Viola Davis não foi indicada ao prêmio Emmy 2020 e está criando uma confusão nas mídias sociais
Previous Post Viola Davis não foi indicada ao prêmio Emmy 2020 e está criando uma confusão nas mídias sociais
como observar chuvas de meteoros
Next Post como observar chuvas de meteoros