Turno Zero

Notícias Completas mundo

o que Diniz pretende fazer para vencer por nocaute e dar uma “resposta”

o que Diniz pretende fazer para vencer por nocaute e dar uma “resposta”

O São Paulo derrotou Guarani ontem (26) e fechou a primeira fase do campeonato paulista em seu primeiro grupo. O clube, que tinha duas equipes completamente diferentes nesse retorno ao futebol no país, agora está se preparando para enfrentar o nocaute de Mirassol e tentar vencer o campeonato regional novamente – a última conquista foi em 2005.

Além da possibilidade de quebrar rapidamente o título, as próximas carreiras do Tricolor são importantes para a carreira do técnico Fernando Diniz. Conhecido pelo seu estilo de jogo ofensivo, com posse de bola e intensidade, ele tenta responder ao estigma de que é bom, funciona bem, mas não tem resultados, não levanta troféus.

E parte da estratégia de sucesso por nocaute começou ontem, com uma vitória por 3-1, quando ele poupou seus principais jogadores na rodada final da primeira fase do Paulistão, pois tinha uma classificação nos quartos.

Ao contrário do que alguns sugeriram, a intenção de preservar o primeiro time não era “entregar” Guarani e eliminar o Corinthians – o desempenho das reservas provou que São Paulo ignorou a disputa em que o adversário estava envolvido.

Diniz também queria descansar a base de sua equipe para corrigir com precisão os problemas táticos apresentados na partida contra o Red Bull Bragantino.

.js">

Definido como favorito antes do final do campeonato devido a uma nova pandemia de coronavírus, Tricolor praticamente voltou ao quarto lugar – como todos os adversários, é claro – e agora ele está “ficando sem tempo” para caber no campo.

Prova disso é que Diniz fará treinamento tático hoje e amanhã (28), independentemente de a partida contra o Mirassol ser na quarta-feira (29) ou quinta-feira (30). A reunião desta manhã no FPF determinará a hora e a data dos jogos.

Sam admitiu, imediatamente após a vitória contra o Bugra, que era necessário melhorar a parte tática da equipe. “Como tivemos que dar carga física às unidades, além da condição técnica, agora estamos começando a trabalhar na parte tática. Temos que ajustar a parte tática de todas as maneiras”, disse o comandante da TV Globo.

No confronto entre a Série A e a RB, um duelo que pode ser repetido por nocaute, por exemplo, São Paulo está mais com a bola, criando e marcando gols, mas apresentando problemas no setor de defesa. Tanto que ele vazou três vezes, uma parte perdida e decepcionada da multidão que esperava otimista o retorno da equipe e o ‘Dinizism’.

É sobre as lacunas no campo e a falta de compressão de linha que Fernando Diniz pretende ajustar nos próximos dias, além de entrelaçar o ataque agora com Vitor Bueno, Pablo e Pato, já que Antony se despediu de Morumbi. Tudo isso em um curto período de tempo, pois a partida contra o Mirassol está ocorrendo esta semana e a eliminação colocaria o São Paolo na linha.

Daiana Juli

"Típico viciado em internet. Empreendedor. Leitor. Amante da web. Pensador. Futuro ídolo adolescente. Estudioso de Bacon. Aficionado por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A cor misturada ao cobre promete libertar o meio ambiente a partir de 07.07.2020
Previous Post A cor misturada ao cobre promete libertar o meio ambiente a partir de 07.07.2020
Tecnologia favorita de pia de cozinha: quem inventou a máquina de lavar louça? – 27.07.2020
Next Post Tecnologia favorita de pia de cozinha: quem inventou a máquina de lavar louça? – 27.07.2020