Novembro 27, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

Presidente mexicano se recusa a parabenizar Biden por sua eleição | Eleições dos EUA 2020

Prudência, esta parece ser a atitude do Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, ao se recusar a parabenizar Joe Biden Para o seu vitória nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Até que as ações judiciais sobre supostas irregularidades de votação levantadas pelo presidente Donald Trump sejam concluídas, não haverá mensagens do chefe de estado para o candidato democrata.

“Em relação às eleições nos EUA, vamos esperar até que as questões jurídicas sejam resolvidas”, disse López Obrador em entrevista coletiva. “Não posso felicitar um candidato ou outro. Quero esperar até o fim do processo eleitoral ”, explicou.

A atitude do presidente mexicano contrasta com inúmeros chefes de estado e governo que se apressou em enviar mensagens de parabéns ao candidato do Partido Democrata no sábado, quando foi declarado vencedor das eleições presidenciais de terça-feira.

.js">

A declaração de quem se surpreendeu ao lembrar que no ano passado López Obrador se apressou em parabenizar Evo Morales por sua reeleição na Bolívia, apesar de o resultado ter sido contestado pela oposição e por alguns organismos internacionais.

No entanto, como membro do governo, citado pelo Guardião, “A Bolívia não tem uma fronteira de 3.000 quilômetros com o México” e o país já teve muitos problemas com seu vizinho do norte durante os quatro anos de Trump.

É “politicamente prudente”, acrescentou López Obrador, que sabe que faltam mais de dois meses para a posse de Joe Biden. “É importante ter mais alguns meses de paz e boas relações de vizinhança”, Acrescentou a mesma fonte que preferiu não ser identificada.