Novembro 28, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

Quem é Hamdou Elhouni, o líbio indiretamente envolvido nas investigações?

Internacional da Líbia e melhor artilheiro da última Copa do Mundo de Clubes

Hamdou Elhouni é um ala líbio de 26 anos que atualmente joga no Espérance Tunis da Tunísia.

Com este clube alcançou o máximo expoente de sua carreira em dezembro passado (2019) quando se tornou o maior goleador da Copa do Mundo de Clubes que teve Jorge Jesus e Flamengo na final contra o Liverpool.

Os tunisianos foram eliminados na segunda rodada, mas Elhouni brilharia depois disso, marcando três gols no quinto e sexto jogo, vencidos por 6 a 2 por Espérance contra o Al Sadd, do Catar.

O futebolista chegou a Portugal em 2016, vindo dos líbios do Al Ahly de Tripolí rumo ao Santa Clara, onde chegou na segunda metade da temporada.

Marcou três golos em 16 jogos pelos Açores na II Liga e, no final da época, assinou por quatro temporadas pelo Benfica, que logo o emprestou ao Chaves. Na temporada seguinte fez metade em Chaves e a outra metade nas Aves, que o acolheu em 2018, um ano antes de a vender à Espérance.

23 vezes internacional pela Líbia (três gols), Elhouni, em Portugal, marcou um total de cinco gols e somou três assistências em 67 jogos.

.js">

Agora, de acordo com a revista de sábado, a sua transferência para o Benfica, em 2016, é um dos pontos da investigação conjunta do Ministério Público, Polícia Judiciária e Autoridade Tributária que, esta segunda-feira, deu origem às buscas à SAD de Benfica e Santa Clara.

Em junho deste ano, o jornal Público, no âmbito de uma investigação jornalística do Desportivo das Aves, escreveu que este clube tinha vendido a totalidade do passe Elhouni à Espérance por 500 mil euros, no dia 14 de janeiro de 2019, quando, na altura , deteria apenas 30% dos direitos econômicos do jogador de futebol. Os restantes 70 por cento pertenceriam então ao Benfica, segundo o Público.