Turno Zero

Notícias Completas mundo

São Paulo aprova novo currículo do ensino médio; implementação inicia 2021 – 30.07.2020

São Paulo aprova novo currículo do ensino médio; implementação inicia 2021 – 30.07.2020

Ontem, o Conselho Estadual de Educação de São Paulo aprovou por unanimidade um novo currículo do ensino médio, alinhado ao BNCC (Base Nacional Comum de Ensino). Agora o documento vai para a aprovação do Ministro da Educação, Rossieli Soares.

O BNCC foi aprovado em 2018, enquanto o próprio Rossieli era ministro da Educação, sob o ex-presidente Michel Temer (MDB).

Segundo o governo de São Paulo, o estado é o primeiro a aprovar o currículo de acordo com o novo banco de dados que organiza o conteúdo no campo do conhecimento no ensino básico: línguas (português, artes, educação física e línguas estrangeiras), ciências Ciências humanas e sociais aplicadas (história, geografia, filosofia e sociologia) ciências naturais (biologia, química e física) e matemática.

.js">

Os alunos passarão 1800 horas dedicadas ao treinamento básico e 1350 relacionadas a programas de gerenciamento, com o aluno escolhendo uma ou duas áreas da educação geral para aprofundar seus estudos ou podendo escolher a educação técnica e profissional. No período de três anos, 3.150 serão distribuídos.

A previsão do governo do estado prevê uma implementação gradual do currículo para alunos da 1ª série do ensino médio em 2021. A segunda série receberá uma nota em 2022 e a 3ª série em 2023.

Daiana Juli

"Típico viciado em internet. Empreendedor. Leitor. Amante da web. Pensador. Futuro ídolo adolescente. Estudioso de Bacon. Aficionado por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

‘Slow flowers’, uma tendência de buquês de flores locais que reduzem a pegada de carbono – 30.07.2020
Previous Post ‘Slow flowers’, uma tendência de buquês de flores locais que reduzem a pegada de carbono – 30.07.2020
México receberá testes franceses da vacina contra o Covid-19 – 31.07.2020
Next Post México receberá testes franceses da vacina contra o Covid-19 – 31.07.2020