São quase 220 mil portugueses com um segundo emprego

São 219 mil pessoas que acumulam ocupações e 733 mil que trabalham para elas, o maior número de todos os tempos.

Os dois últimos trimestres deste ano foram marcados por um aumento significativo no número de pessoas que acumulam dois empregos em relação ao mesmo período de 2020 (com um segundo emprego) e o número de trabalhadores por conta própria (TCO) atingiu o maior valor sempre. inscrita na série oficial do Instituto Nacional de Estatística (INE), que data do início de 2011.

De acordo com o inquérito de emprego mais recente, o número de pessoas com “segundos empregos” aumentou mais de 20% no terceiro trimestre, sendo 219.000 pessoas com dois empregos (tendo uma atividade secundária).

No trabalho autônomo, onde se encontram as receitas verdes e a classe emergente de “empreendedores” mais ligados à economia digital, os números são ainda mais expressivos.

No terceiro trimestre, este grupo aumentou quase 16%, em quase 99 mil pessoas, o maior aumento desta série pelo INE que data de 2011. E com este impulso, o número de trabalhadores independentes em Portugal atingiu um valor absoluto registro.

Durante a pandemia, houve alguma destruição desses tipos de empregos, mas depois disso, eles mais do que se recuperaram e estão muito acima dos níveis pré-pandêmicos. Nunca houve tantos: o país agora tem 733.000 trabalhadores autônomos.

A título de comparação, antes da pandemia, no terceiro trimestre de 2019 (para poder fazer um cálculo homólogo, onde se evita a sazonalidade), Portugal contava com 666 mil trabalhadores independentes. 9% menos do que agora.

De facto, o fenómeno é tão relevante que o próprio INE destaca os TCOs no seu retrato robotizado da evolução actual do emprego no país. “Para a variação homóloga da população empregada, contribuíram principalmente as variações“ no emprego criado entre os homens ”aumentaram 5,8% (135,9 mil)”.

Destaque também para o emprego da população mais adulta “dos 55 aos 64 anos, que registou um acréscimo de 8,9% (75,2 mil)”.

A criação de empregos com pessoas com ensino superior também é marcada pelo seu “aumento de 17,4%, abrangendo 251,9 mil pessoas”, segundo dados do INE.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero