Turno Zero

Notícias Completas mundo

SIC Notícias | Astrônomos portugueses descobrem planeta que pode ter “grande oceano”

Um estudo divulgado esta quinta-feira, com a participação de quatro astrónomos portugueses, aponta para indícios de um planeta fora do Sistema Solar com “um grande oceano de água líquida”, orbitando uma estrela um pouco mais velha que o Sol.

O estudo, publicado na revista Astronomy & Astrophysics, teve a contribuição de astrônomos que fazem pesquisas no Instituto de Astrofísica e Ciências Espaciais.

Segundo o pesquisador João Faria, “há grande probabilidade de água líquida na superfície” do planeta LHS 1140 b, “que se encontra na zona de habitabilidade” da estrela LHS 1140, uma anã vermelha a 41 anos-luz da Terra, em a direção da constelação da Baleia.

A água líquida é um elemento fundamental para a vida como é conhecida. Portanto, de acordo com o mesmo astrônomo, citado em nota enviada pelo Instituto de Astrofísica e Ciências Espaciais, esse exoplaneta é “um dos melhores alvos para futuras pesquisas por biomarcadores”.

.js">

Para chegar à conclusão de que o LHS 1140 b pode ter uma superfície coberta por água líquida, os astrônomos calcularam a densidade do planeta e caracterizaram sua composição interna a partir de dados coletados pelo telescópio espacial TESS e o espectrógrafo ESPRESSO no Chile.

Usando as mesmas fontes de dados, eles foram capazes de detectar traços de mais dois planetas ao redor da anã vermelha (além dos outros dois que haviam sido descobertos anteriormente, incluindo o LHS 1140 b).

A estrela LHS 1140 tem cerca de cinco bilhões de anos (o Sol terá 4,6 bilhões de anos) e tem uma temperatura superficial em torno de 3.000ºC, “pouco mais da metade da temperatura do Sol”.

Como o LHS 1140 é menos quente do que o Sol, a “zona de habitabilidade” da estrela – uma área que oferece condições para que planetas rochosos em sua órbita, como o LHS 1140 b, tenham água líquida na superfície – “está mais perto”.

“Este é mais um grande passo que demos na procura de outra Terra”, sublinha o astrónomo Sérgio Sousa, também referido no mesmo comunicado.

Considerado um tipo terrestre, o planeta extrasolar LHS 1140 b orbita sua estrela em 24,7 dias e tem 1,7 vezes o diâmetro da Terra e 6,5 vezes sua massa.

Carlos Henrique

"Introvertido amigável. Estudante. Guru amador de mídia social. Especialista em Internet. Ávido encrenqueiro."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post IPhone 11 ou iPhone 12: que tem a melhor autonomia
Next Post A BOLA – «Cansado de um presidente que diz uma coisa e faz o contrário» (Benfica)