TIM, Claro e Vivo agora estão oferecendo R $ 16,5 bilhões pelo trabalho móvel da Oi – 28.07.2020

TIM, Telefônica (proprietária da Vivo) e Claro fizeram uma nova oferta conjunta para o serviço móvel da Oi, que está em processo de recuperação judicial e está sendo negociado exclusivamente com a Highline para o Brasil.

Em comunicado de mercado divulgado nesta segunda-feira (27), os três concorrentes dizem que a nova proposta é de US $ 16,5 bilhões – o valor da primeira oferta não foi anunciada – significando US $ 1,5 bilhão a mais do que o preço mínimo de R $ 15 bilhões que a Oi configurar para venda sua unidade de telefone móvel.

Além disso, a oferta da TIM, Telefônica e Claro prevê a possibilidade de assinatura de “contratos de uso de infraestrutura de longo prazo” com a Oi. Na última quarta-feira (22), a operadora brasileira anunciou que negociaria exclusivamente com a Highline to Brasil, que apresentava a melhor proposta acima do preço mínimo – o valor também não foi divulgado.

O prazo do contrato de exclusividade expira em 3 de agosto, mas pode ser prorrogado. A Highline do Brasil é uma empresa de infraestrutura de telecomunicações fundada em 2012 pela administradora Pátria Investimentos, que a vendeu em dezembro de 2019 para a empresa privada dos EUA Digital Colony.

Se sua oferta da Oi for aceita, a transação marcará a entrada da Highline em serviço direto ao cliente final. Em comunicado divulgado na segunda-feira, TIM, Telefônica e Claro afirmam querer “contribuir para o desenvolvimento da telefonia móvel no país” e comparar sua experiência no setor com a da Highline, que trata apenas de infraestrutura.

“A oferta atende às necessidades financeiras do Grupo Oi, para que ele possa implementar seu plano estratégico e atender seus credores”, afirmam nas notas.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero