Novembro 24, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

Vacinação contra poliomielite está abaixo do esperado em Curitiba

Para intensificar a vacinação contra a poliomielite, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está desenvolvendo uma vacina em funcionamento por meio do sistema. A ação aconteceu na quarta-feira (28) e será repetida na quinta (29), das 9h às 17h. Na quarta, 429 crianças foram vacinadas nesse sistema.

São quatro postos de vacinação em locais de fácil acesso da cidade. Crianças de 1 a 4 anos, público-alvo da campanha nacional, poderão fazer uma vacina. Você só precisa apresentar a carteira de vacinação do seu filho para imunização.

Até o momento, foram administradas 29.027 doses, o que corresponde a 33,3% do público-alvo previsto. O objetivo é imunizar cerca de 90.000 crianças contra a poliomielite (poliomielite). A vacina está disponível em todas as unidades de saúde desde 28 de setembro, mas o envolvimento da população é significativamente menor do que o esperado. .

.js">

O diretor do Centro de Epidemiologia da SMS, Alcides Oliveira, alerta que a situação é preocupante e que a poliomielite pode causar graves consequências, como a poliomielite. “Não podemos ignorar porque não registramos a doença há mais de 31 anos. Já temos um exemplo de sarampo que voltou depois de 20 anos. Por isso, pedimos aos pais e responsáveis ​​que não deixem a doença voltar para nós ”, questiona Oliveira.

O passeio foi feito no Grande (antigo Wal Mart) – Avenida Arthur Bernardes, 1250

Rua da Cidadania Cajuru – Avenida Pref. Maurício Fruet, 2150

Freguesia de São Braz – Rua Antônio Scorsin, 1840 – São Braz

Faculdades Pequeno Principe – Avenida Iguaçu, 333 Rebouças.
a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite deve terminar amanhã, mas com baixa adesão deve ser estendida. No país, o cenário se repete, apenas 35% do público-alvo está imunizado.