Voos da TAP de Lisboa mais vazios do que do Porto

O ministro da Infraestrutura e Habitação disse que as rotas criadas na região Norte são deficientes, mas há aviões operando na capital com ainda menos ocupação.

O ministro Pedro Nuno Santos disse, na Assembleia da República, que as quatro rotas criadas no Porto desde que o Estado reforçou a sua posição na companhia aérea portuguesa têm “46% da capacidade média” e são “uma perda para a TAP”. Segundo fontes do sector, actualmente, a ocupação referida é muito superior à de alguns voos com partida de Lisboa. A TAP não comenta “informações comerciais reservadas”.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação disse, quinta-feira, em audiência parlamentar, que as quatro rotas criadas no Aeroporto do Porto, para Amesterdão, Milão, Zurique e Ponta Delgada são “de momento uma perda para a TAP”. Ontem, em comunicado, sublinhou que “a TAP está neste momento a perder dinheiro em praticamente todas as rotas, incluindo as feitas a partir de Lisboa”. O ministro sublinha que “nunca disse que as únicas rotas que prejudicam a TAP eram as quatro mencionadas ontem [anteontem] na audiência parlamentar “.

Pedro Nuno Santos disse que “existem actualmente 11 rotas operadas pela TAP a partir do Porto e que, embora praticamente todas as empresas estejam a reduzir fortemente a operação no inverno, a TAP vai manter dez rotas no Porto”.

Cancelamentos

O JN apurou, com fontes conhecedoras dos números do sector, que existem “voos que saem de Lisboa com destino a Luanda, com 14%, ou com destino a São Paulo, com menos de 30%”. Adicionalmente, a TAP manterá apenas seis destinos internacionais regulares no inverno e mais dois operados apenas no Natal (Genebra e Zurique), com redução do transporte aéreo para Lisboa e apenas um voo por dia para o Funchal. Ele desiste de Zurique, Genebra, Luxemburgo, Munique, Ponta Delgada, Milão, Bruxelas e Madrid. No mesmo período, outras empresas reforçaram a aposta no Porto. A Swiss vai operar 15 voos semanais e a Luxair vai passar de cinco voos semanais para uma conexão diária com Luxemburgo.

Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, apelou ao Governo para “incorporar a TAP na Carris ou na muito rentável Soflusa”, pois “vamos encontrar uma solução”, e Lisboa “fica com a TAP que, sem prejuízo do Porto, já não é uma “perdão” “. Uma vez que o plano de reestruturação da TAP ainda é desconhecido, o partido da Iniciativa Liberal apresentou uma intimação em tribunal para obrigar o Governo a divulgá-lo antes da votação do Orçamento.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero