Janeiro 18, 2021

Turno Zero

Notícias Completas mundo

WhatsApp quer alcançar mais usuários e lança novidades para o aplicativo no PC

O WhatsApp tem assumido um papel importante na comunicação, seja no âmbito empresarial, doméstico ou social. Porém, o Facebook sabe que se você consolidar este aplicativo como ferramenta de trabalho, será uma garantia de que nenhum outro o substituirá. Aliás, o WhatsApp ataca cada vez mais a posição do Skype, por exemplo. Nesse sentido, as últimas novidades são voltadas para o usuário que utiliza esta plataforma no computador.

O WhatsApp agora fará chamadas de áudio e vídeo disponíveis no aplicativo de desktop.

Imagem do WhatsApp para desktop

O WhatsApp quer substituir o Skype?

Embora já tenha se passado alguns anos desde que o WhatsApp adicionou o recurso de chamada de vídeo e áudio, a rede social ainda não trouxe o recurso para seus usuários de PC desktop. No entanto, parece que essa “lacuna” será resolvida em breve. Segundo informações, a empresa está lançando os dois recursos para o aplicativo WhatsApp Desktop.

De acordo com o que foi veiculado por WABetaInfo, recursos de chamada de áudio e vídeo estão chegando aos PCs, mas o dropper. Ou seja, o lançamento está sendo limitado a um número limitado nesta primeira fase.

Portanto, a maioria ainda não recebeu a atualização e ambos os recursos ainda vêm com um rótulo beta. Assim, as pessoas que o receberam devem ser capazes de ver os botões no cabeçalho do chat, que fica ao lado do ícone de pesquisa.

.js">

Mas funciona sem uma conexão telefônica?

Não. Conforme mencionado, esse recurso ainda exigirá que os usuários conectem seus smartphones ao aplicativo de desktop. No entanto, todas as chamadas de áudio ou vídeo serão roteadas para o computador. Além disso, também não se sabe se o aplicativo de desktop oferece suporte a microfones ou câmeras de terceiros. Há esperança de que de fato traga esses apoios.

Olhando o caminho dessa plataforma e validando cada passo para conquistar o mercado Skype, não demorará muito para que o app não precise mais de uma ligação. O WhatsApp gradualmente canibalizou uma série de recursos que antes estavam nas mãos da ferramenta de videoconferência da Microsoft. Claro, mais na plataforma móvel, mas provisoriamente vai acabar atingindo todos os dispositivos.

Leia também: