Novembro 24, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

WWE NXT (28/10/2020): Halloween Havoc

UMA WWE transmitido nesta quarta-feira, a partir do agora chamado Capitol Luta livre Center, outra edição de NXT na Rede dos EUA. Esta edição foi um Halloween Havoc especial e novamente em competição com o AEW Dinamite.

Resultados

– Johnny Gargano venceu NXT campeão norte-americano Damian Priest (Devil’s Playground Match)
– NXT Cruiserweight Champion Santos Escobar derrotou Jake Atlas
– Rhea Ripley derrotou Raquel Gonzalez
– Dexter Lumis venceu Cameron Grimes (Haunted House of Terror Match)
– A campeã feminina do NXT, Io Shirai, derrotou Candice Lerae (partida TLS)

Relatório

– Johnny Gargano venceu campeão norte-americano do NXT Damian Priest (Devil’s Playground Match): Antes da luta começar, tínhamos Shotzi Blackheart girando sua roleta, que ele anunciou com uma partida Devil’s Playground.

A luta começou entre Johnny Gargano e Damian Priest de forma muito equilibrada dentro e fora do ringue.

Quando as armas entraram em jogo, Johnny Gargano começou a dominar o campeão norte-americano do NXT, tendo levado a luta para todo o Capitol Wrestling Center, onde usou de tudo para tentar derrotar Damian Priest.

Conforme os minutos passavam, o “Arqueiro da Infâmia” estava virando a maré desta guerra, a luta tendo sido levada ao palco onde estava a roleta de Shotzi Blackheart, a vitória parecia que iria sorrir para Damian Priest, mas uma guna mascarada com máscara do filme “Scream” atacou Damian Priest, tendo ajudado “Johnny Wrestling” a filmar o NXT North American Champion, descendo o palco, sendo então a contagem acadêmica de três, tendo então Johnny Gargano vencido o NXT North American Championship pela segunda vez em sua carreira.

Então, nos bastidores, tivemos um Cameron Grimes assustado conversando com o GM William Regal e dizendo que não queria lutar contra Dexter Lumis, então o GM da NXT o levou para o estacionamento.

No ringue seguinte, tivemos Pat McAfee acompanhado pelos novos NXT Tag Team Champions Oney Lorcan e Danny Burch, onde Pat McAfee basicamente repetiu o que já havia dito em sua conta do Twitter, onde ele explicou que foi responsável pelos ataques ao Undisputed ERA.

O trio acabou sendo interrompido por Kyle O’Reilly e depois pelo retorno de Pete Dunne, que eventualmente atacou Kyle O’Reilly, juntando-se a Pat McAfee e os campeões da NXT Tag Team Oney Lorcan e Danny Burch. O ataque terminou com Pete Dunne tentando quebrar o braço de Kyle O’Reilly, antes que os campeões fizessem um DDT na cadeira.

No estacionamento, Cameron Grimes foi interrompido por uma van zumbi e Michael Hayes, que dirigia Cameron Grimes na van.

– NXT Cruiserweight Champion Santos Escobar derrotou Jake Atlas: Jake Atlas deu tudo de si nesta luta e dominou a luta a ponto de quase vencer depois de sua top rope handspring DDT. Porém, as distrações e interferências de Raul Mendonza e Joaquin Wilde, tiraram todas as chances de vitória de Jake Atlas, que acabou perdendo para Santos Escobar.

– Dexter Lumis venceu Cameron Grimes (Haunted House of Terror Match): Cameron Grimes chegou em um terreno baldio com uma casa abandonada e o lutador cessante continuou a falar muito apesar de estar visivelmente cheio de medo, dentro dessa casa mal-assombrada.

Dexter Lumis atacou Cameron Grimes lá, mas ele conseguiu escapar do lutador pouco ortodoxo, tendo se escondido dentro do banheiro, onde estava um personagem sombrio.

Cameron Grimes continuou a fugir sempre que podia, encontrando vários personagens sombrios pela casa, sendo até atacado por uma espécie de zumbi. O lutador de lá conseguiu fugir de casa, o que nos deixou essa luta aqui, pelo menos por enquanto.

– Rhea Ripley derrotou Raquel Gonzalez: O confronto entre Rhea Ripley e Raquel Gonzalez era esperado a partir do primeiro segundo, com as duas lutadoras usando sua força e agressividade desde o primeiro momento, para tentar obter uma vantagem. Raquel Gonzalez acabou dominando por alguns minutos, mas com Rhea Ripley já se sabe que “Nightmare” não desiste e isso virou a luta a seu favor pouco tempo depois.

Os minutos finais foram ainda mais agressivos do que o resto da partida, com vários acabamentos falsos acontecem nos momentos finais da luta. No final, a ex-campeã feminina do NXT conseguiu levá-la correnteza para garantir esta vitória extremamente difícil.

Então, nos bastidores, tivemos um segmento de Drave Maverick e Killain Dain tirando sarro da WCW, onde tínhamos até o Yeti.

No estacionamento do Capitol Wrestling Center, vimos Cameron Grimes ainda correndo de Dexter Lumis. No ringue, ele foi atacado por Dexter Lumis, mas os zumbis acabaram com a mente do lutador. Essa “luta” acabou com a finalização de Dexter Lumis.

Em seguida tivemos um promo de Tommaso Ciampa dizendo que não reconhece mais esse NXT, os lutadores continuam talentosos, mas ele não tem mais a mesma atitude dos lutadores do passado. Tommaso Ciampa continuou a insultar os lutadores por sempre reclamarem dele e por nunca pedir nada, apenas se tornou inegável e depois se tornou o NXT. O ex-campeão do NXT acabou falando diretamente para o Velveteen Dream, dizendo que atacá-lo uma vez com o braço engessado é uma coisa, mas se o fizer uma segunda vez, ele é um homem morto.

– A campeã feminina do NXT Io Shirai derrotou Candice Lerae (TLS Match): Antes de o evento principal para começar tínhamos Shotzi Blackheart girando sua roda, que definiu isso como Tables, Ladders & Scares Match, e para vencer a luta será necessário subir uma escada e remover o NXT Women’s Championship que está suspenso no ringue. A luta dos primeiros minutos aconteceu quase que inteiramente fora do ringue e de forma bastante equilibrada, até que Candice LeRae usou um laptop para virar a maré a seu favor.

Os dois lutadores usaram várias armas sempre que puderam, com essa luta quase sempre acontecendo fora do ringue.

Já dentro do ringue, a agressividade foi aumentando e Io Shirai após ter feito um quebra-cabeças Candice LeRae contra uma cadeira parecia que ia ganhar, mas Poison Pixie permaneceu na luta. Os dois lutadores acabaram lutando no avental do ringue onde Candice LeRae acabou acertando um decote contra duas mesas que estavam fora do ringue.

O guna mascarado voltou ao ringue e acabou tentando ajudar, mas Shotzi Blackheart evitou parcialmente que isso acontecesse, já que o “Poison Pixie” estava no topo da escada, mas acabou sendo jogado contra outra escada por Io Shirai, que conseguiu retirou o título e, portanto, manteve seu NXT Women’s Championship.


O que você achou deste NXT Halloween Havoc?