Turno Zero

Notícias Completas mundo

WWE NXT (30/09/2020): A caminho de TakeOver

UMA WWE transmitiu nesta quarta-feira mais uma edição da NXT na USA Network, da Full Sail University, a poucos dias do NXT TakeOver 31 e novamente em competição direta com o AEW Dinamite.

Resultados

– Shotzi Blackheart venceu Dakota Kai
– Ridge Holland venceu Cameron Grimes
KUSHIDA derrotou Tony Nese
– Adam Cole derrotou a Teoria de Austin
– Kayden Carter venceu Xia Li
– Johnny Gargano e Candice LeRae venceram NXT campeã norte-americana Damian Priest e campeã NXT feminino Io Shirai

Relatório

– Shotzi Blackheart venceu Dakota Kai: O NXT abriu com Shotzi Blackheart dominando contra Dakota Kai, usando toda sua técnica para ter o ímpeto ao seu lado contra o lutador neozelandês. No entanto, uma distração de Raquel González abriu espaço para Dakota Kai virar a luta do avesso.

Depois de um grande domínio, a lutadora pouco ortodoxa começou a ganhar impulso e recuperar impulso ao seu lado. Os minutos finais foram muito equilibrados, onde tivemos um Pão fatiado não avental Shotzi Blackheart, que quase se machucou para tentar vencer a partida.

No final, Raquel Gonzalez interferiu nas costas do árbitro, mas acabou sendo atacada por sua rival Rhea Ripley.

Toda essa confusão abriu espaço para Dakota Kai errar um tiro e Shotzi Blackheart aproveitou e com um PIN venceu a luta rapidamente.

Em seguida tivemos uma “conversa” entre o NXT Cruiserweight Campeão Santos Escobar e Isaiah “Swerve” Scott, com o principal candidato falando sobre o momento em que enfrentou o rival, sempre havia interferências e outras questões que o impediam de vencer. Santos Escobar o acusou de dar desculpas, o segmento escalou com vários insultos e com os dois lutadores prometendo que iriam vencer.

Logo depois tivemos outro vinheta sobre o misterioso lutador que voltará ao NXT, desta vez vindo de motocicleta.

Logo depois disso, tivemos um pacote de vídeo, do principal candidato ao NXT Championship, Kyle O’Reilly, falando sobre como, mesmo que nunca tivesse chegado ao NXT, ficaria feliz em lutar por $ 5. Kyle O’Reilly também explicou como Undisputed ERA é a melhor coisa que aconteceu com ele. Adam Cole também falou sobre seu amigo e como ele conhece Kyle O’Reilly há 12 anos e sabe que quer ser um campeão do NXT. Kyle O’Reilly também fala sobre como sempre quis enfrentar Finn Bálor, mas que só agora terá essa chance e logo evento principal do NXT TakeOver, fará com que os últimos 15 anos valham a pena.

Não nos bastidores tivemos uma entrevista com o casal Gargano, com Johnny Gargano dizendo que é justo que sua esposa machucou Tegan Nox depois de deixá-los na televisão e que no TakeOver os dois ganharão os dois títulos.

De volta ao ringue, Cameron Grimes pegou o microfone e acusou-o de perder a oportunidade por causa de uma ideia estúpida, o Gauntlet Eliminator Match e então ele iria lançar um desafio, “Cameron Grimes Invitational Stepping Stones to the Moon”, o O primeiro oponente era um lutador muito abaixo das capacidades de Cameron Grimes e o segundo lutador seria, mas Ridge Holland atacou o lutador desconhecido antes de entrar no ringue.

– Ridge Holland venceu Cameron Grimes: Ridge Holland atacou Cameron Grimes de tal forma que o árbitro encerrou a partida, dando a vitória ao Ridge Holland por nocaute técnico.

Nos bastidores tivemos uma entrevista com Austin Theory tirando sarro de Kyle O’Reilly levando 15 anos para lutar pelo Campeonato NXT, já que ele tinha 22 na WrestleMania e ele é o futuro.

Logo depois disso, tivemos um pacote de vídeo sobre KUSHIDA sobre sua jornada na WWE e quantos subestimam sua humildade devido à fraqueza e que no NXT TakeOver, Velveteen Dream vai perceber isso.

– KUSHIDA derrotou Tony Nese: Tony Nese usou sua força para dominar os primeiros minutos da luta, mas KUSHIDA rapidamente virou a luta a seu favor e com o Hoverboard Lock venceu a luta.

Assim que a luta acabou, Velveteen Dream apareceu no titantron para dizer a KUSHIDA para trazer a ele o melhor desempenho possível no TakeOver, porque ele vai precisar.

Nos bastidores, vimos Cameron Grimes ainda sofrendo com o ataque a Ridge Holland e sua noite piorando quando ele ficou cara a cara com o retorno de Dexter Lumis.

Em seguida, tivemos Adam Cole falando sobre como o ERA indiscutível dominou o NXT desde que chegou a marca amarelo da WWE e que não aceita que ninguém pense que não deve respeitar a Undisputed ERA e seus elementos e por isso a Teoria de Austin teve que vir ao ringue. Já com o jovem lutador na entrada do ringue, Adam Cole explicou a ele que ou ele entrou no ringue para sempre e os dois brigaram, ou o Undisputed ERA ia dar uma surra nele.

– Adam Cole venceu a Teoria de Austin: Falando em bullying, foi isso que Adam Cole deu à Teoria de Austin por vários longos minutos, punindo severamente o jovem lutador.

Mas o Austin Theory conseguiu sobreviver e acabou virando o ímpeto a seu favor, porém o ex-campeão do NXT acabou se mostrando acima do jovem lutador e após uma sequência impressionante, venceu a luta.

Nos bastidores, tivemos uma entrevista com o campeão norte-americano da NXT, Damian Priest, e a campeã feminina do NXT, Io Shirai, onde os dois conversaram sobre como iriam vencer hoje na NXT e no próximo domingo também venceriam suas lutas.

– Kayden Carter venceu Xia Li: Xia Li começou de forma dominante, mostrando sua maior explosão e também experimentando dominar Kayden Carter por vários minutos, porém o combate foi equilibrado ao longo dos minutos, até que Kayden Carter com um PIN venceu Xia Li.

Assim que a partida acabou, Kayden Carter e Kacy Catanzaro tentaram cumprimentar Xia Li, mas ela mostrou que não estava feliz com a derrota.

Logo depois tivemos cara a cara entre o campeão NXT Finn Bálor e Kyle O’Reilly com os dois começando cordialmente e se elogiando, mas o candidato principal queria cutucar o campeão e Kyle O’Reilly começou a dizer que ele será o novo campeão do NXT e que encerrará o reinado do “Príncipe do NXT”. Finn Bálor não gostou das provocações de Kyle O’Reilly e disse que este pode ser o melhor momento de sua vida, mas vai durar apenas uma noite, pois ele não vai perder o campeonato NXT. Os dois continuaram dizendo que iam vencer e Finn Bálor chegou a dizer que qualquer outro lutador perderia para Kyle O’Reilly no NXT TakeOver do próximo domingo, mas que ele não é um lutador qualquer.

– Johnny Gargano e Candice LeRae venceram Campeão Norte-americano do NXT Damian Priest e Campeão NXT Feminino Io Shirai: A dupla de campeões começou de forma dominante, com a força de Damian Priest e a agilidade de Io Shirai sendo decisivas, porém Candice LeRae conseguiu isolar a NXT Women’s Champion por alguns minutos, até que o “Archer of Infamy” entrou novamente no ringue e virou o ímpeto a seu favor em alguns segundos.

O fim da luta foi bastante caótico e veio quando Io Shirai acertou seu Moonsault em Jonny Gargano e parecia que íamos ter Damian Priest acertando seu The Reckoning, no entanto nas costas do árbitro Candice LeRae acertou com um golpe baixo no NXT North American Champion, que deu espaço ao marido para resolver seu estilingue DDT para vencer a luta.

Depois do fim disso evento principal, Candice LeRae atacou Io Shirai e os Garganos encerraram este episódio da NXT com a conquista do NXT North American Championship e do NXT Women’s Championship.


O que você achou do WWE NXT desta semana?

Gabriel Ana

"Estudante apaixonado. Nerd do Twitter. Viciado em bacon ávido. Desordeiro típico. Pensador. Webaholic. Empreendedor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post A vacina contra meningite B agora é gratuita para crianças até um ano de idade
Next Post Tribunal obriga a Cofina a pagar milhões ao fisco