99 ordenado a compensar o motorista que foi retirado da plataforma sem aviso prévio – 24.07.2020

Uma solicitação de transporte 99 foi condenada a pagar uma indenização no valor de US $ 8.000 por danos e sofrimentos a um motorista de Anápolis (MG) que desligaria a plataforma sem aviso prévio.

Segundo Satiro Batista De Carvalho Neto, autor da petição, sua conta no pedido foi suspensa em fevereiro deste ano. A alegação é uma suposta violação das disposições do contrato de parceria. No entanto, a desqualificação foi realizada sem aviso prévio. Segundo Net, ele sempre teve altas classificações de passageiros e ficaria surpreso com a decisão da empresa.

De acordo com Juiz Luciana de Araújo Camapum Ribeiro, quanto a plataforma tem o direito de escolher com quais motoristas deseja manter um contrato, deve primeiro informar o motorista e garantir o treinamento do oponente – ou seja, analisar os argumentos profissionais sobre o caso.

Como 99 não compareceu à audiência do caso, a juíza percebeu que as alegações da autora eram verdadeiras e, por isso, ela condenou a empresa a indenizá-la.

Visto Viés, 99 disse que “ainda não foi oficialmente convocado e apelará da decisão de primeira instância”. Além disso, ele diz que a carta do Tribunal foi enviada para o endereço de e-mail errado, destinado a servir os usuários.

A empresa também afirmou que “possui um canal especial para receber comunicações de órgãos de investigação, judiciais e administrativos, o endereço de e-mail [email protected], discordando da validade de seu convite para uma audiência”.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero