Turno Zero

Notícias Completas mundo

A BOLA – «Queremos dominar-nos» (Sporting)

Emanuel Ferro, o adjunto do Sporting, fez uma antevisão do jogo desta quinta-feira (20h) com os austríacos do LASK Linz, um play-off que dará acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Derrota com o LASK na temporada passada, na fase de grupos da Liga Europa: «É incomparável. Não acredito que nenhuma das equipes, nós ou LASK, tenha se baseado no que aconteceu no passado. A nossa preparação foi a pensar num jogo decisivo para nós porque queremos estar na fase de grupos. Uma preparação que também levou em consideração quais foram os últimos jogos do adversário. É uma equipa que manteve a base principal, os melhores jogadores, é uma equipa intensa, o perfil de jogo mantém muito das coisas do ano passado, embora tenha mudado a equipa técnica. Somos uma equipa diferente, mas temos trabalhado com muita ambição, com um grande crescimento na nossa ideia de jogo e acreditamos que fazer um grande jogo e atingir o nosso objectivo. »

O Sporting venceu dois jogos sem sofrer golos, o LASK vem de uma vitória por 7-0: «São equipas diferentes. Vemos cada jogo como um momento competitivo distinto, olhando as particularidades de cada jogador e do coletivo. Pouco importa marcar mais ou menos gols, sabemos que as equipes se apresentarão com o objetivo de vencer este play-off. Temos essa intenção olhando para o potencial do adversário, percebendo suas fragilidades, equilibrando nossa equipe e querendo apresentar nosso jogo. Isso é fundamental. Queremos vencer com a nossa forma de jogar. »

.js">

Assuma o controle do jogo: «Temos a nossa estratégia, sentimos que temos mais controlo nas partidas que disputamos. A história de um jogo é variável – há momentos em que uma equipe está por cima, aí também podemos enfraquecer e dar mais oportunidades ao adversário. Temos consciência disso e que é preciso estar sempre equilibrado, atentos ao nosso objetivo e levar a nossa ideia de jogo até o fim. Vai ser um adversário difícil e competitivo, mas queremos dominar. Jogamos em casa, temos uma grande ambição, a equipa está muito envolvida e sente-se capaz para o jogo de amanhã. Isso será decisivo para fazer um bom jogo e conquistar a vitória. »

Bruno Tabata fez um treino. Isso pode ser uma opção? «Temos um grupo que tem se preparado em termos coletivos. Temos jogadores disponíveis, ativos muito fortes e temos que aproveitá-los o máximo possível, sabendo o que eles podem entregar levando em consideração uma estratégia específica para este jogo. »

Nosso: «Não vou dar nomes em relação à chamada nem aos onze titulares. Num período com tantos jogos em pouco tempo, a gestão é feita ao pormenor e espera-se apresentar amanhã os onze melhores para o desempenho da equipa. »

Rúben Amorim e jogadores recuperados da Covid-19: «É uma grande satisfação para o grupo que se tem apresentado forte nos últimos jogos e vai ficar mais forte com o regresso dos jogadores, da equipa técnica e do dirigente técnico. Queremos estar juntos para nos apresentarmos mais fortes a cada partida. Isso deixa o grupo mais satisfeito e confortável para enfrentar o jogo de amanhã. »

Patrícia Joca

"Desordeiro profissional. Amigo dos animais em todo lugar. Especialista em mídia social. Analista dedicado. Empreendedor amador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post Morre Quino, criador da Mafalda – Notícias
Next Post Novo planeta descobriu que o tamanho da Terra é apelidado de “pi”