Turno Zero

Notícias Completas mundo

A carga de coronavírus no sistema de esgoto da BiH está aumentando e a estimativa de casos salta para 220.000

As amostras de Ribeira a Um na Bósnia-Herzegovina destinam-se a pesquisas realizadas por pesquisadores de diferentes agências (foto: Juarez Rodrigues / EM / DA Press)

De acordo com o estudo, 220.000 pessoas podem ter sido infectadas com o vírus vrus na capital mineira. Na semana passada, essa estimativa era de 60.000 – um aumento de 266%.

No entanto, o estudo aponta que não se pode garantir que esse aumento seja resultado da facilitação do comércio na cidade. Tudo vai depender da continuidade da tendência de crescimento na próxima semana.

.js">

“Esse valor deve ser monitorado com atenção, principalmente em função dos resultados a serem obtidos na próxima semana, pois pode indicar um aumento da circulação do vírus em Belo Horizonte”, afirma o documento.

A pesquisa leva em consideração as bacias de Arrudas e Ona. o pesquisadores constataram maior aumento da concentração do vírus, principalmente nas regiões de Venda Nova e Norte.

As coletas foram realizadas entre os dias 21 e 25 de setembro em Belo Horizonte e Contagem.

Cidade próxima

Em Contagem, na Grande BiH, o aumento da avaliação pessoas infectadas foi ainda maior: de 20 mil para 80 mil – um aumento de 300%.

Foi a segunda maior estimativa de diagnóstico na cidade desde a semana epidemiológica de 31 a 27 de julho.

Mesmo aviso sobre amostragem Contagem também está em expansão, informa o estudo.

“Vale reiterar a importância de se interpretar esse valor em conjunto com o resultado a ser alcançado na semana epidemiológica 40 (próximo balanço), para detectar qualquer tendência de aumento da avaliação da população infectada”, explica o texto.

Pesquisa

O projeto piloto é uma iniciativa conjunta da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estações de Tratamento de Efluentes Sustentáveis ​​(INCT ETEs Sustentáveis ​​/ UFMG).

Esses órgãos têm parceria com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), o Instituto Mineiro de Gesto das Guas (Igam) e a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES).

Gabriel Ana

"Estudante apaixonado. Nerd do Twitter. Viciado em bacon ávido. Desordeiro típico. Pensador. Webaholic. Empreendedor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post FC Porto: Diogo Costa no gol e dúvida entre os colombianos
Next Post Superando! Joana Barrios fala da doença congénita do filho mais novo do Álvaro – Nacional