A indústria pornô está gravando novamente: scripts para uma pandemia e uma máscara para todos – 06.11.2020

No final de março deste ano, as produções de filmes pornográficos ficaram paralisadas e não havia data para retornar devido à nova pandemia de Coronavírus. Agora, após quase três meses de isolamento social, a Fever Films, estrelas pornôs como Dread Hot e Emma White, estão lentamente retomando as filmagens. Três filmes foram feitos no final de semana passado, mas de uma maneira muito diferente, seguindo todos os protocolos de segurança.

Disse o produtor atriz e CEO Dread Hot Universa como é seguir esses “protocolos bizarros” e planejar o futuro da empresa. “Cuidamos da saúde dos atores e da equipe. Temos um gel alcoólico para toda a produção e máscaras descartáveis ​​que jogamos fora a cada três horas. Se você tirar, se cair no chão, jogue fora e pegue outro”, explica ele. Ela e o namorado Alemão trabalham juntos e, como estão isolados na mesma casa, em São Paulo, conseguem tirar algumas fotos. Mas agora, por exemplo, com a preparação para a transmissão via celular.

O “novo normal” também atingiu a pornografia.

O roteirista, ator e diretor artístico da Fever Films, Mario Cruz Filho, também conhecido como Aquelemario, enviou um protocolo de segurança para a reportagem. Entre vários itens, como vestir-se antes de entrar no cenário, ele destaca que o teste Covid-19 está na lista de todos os outros testes já realizados com atores, como o IST [Infecções Sexualmente Transmissíveis].

Dos três filmes realizados na semana passada, dois foram feitos por Dread em casa com seu parceiro e um na casa de um diretor de arte em um bairro próximo, mas com muitas limitações. Em vez de usar os quartos, Mario reconstruiu o quarto, a cozinha e o banheiro na garagem, para que não houvesse contato com o interior da casa. Além disso, todos respeitam o isolamento, principalmente após os testes do Covid-19. A equipe de filmagem também é esbelta, os três dirigiram, atuaram e filmaram a última produção.

“Estou escrevendo roteiros relacionados a esse momento da pandemia. Como um casal recebendo um amigo que vem trabalhar na cidade, mas a quarentena se rompeu e ninguém mais pode sair. Eles moram juntos, conversam sobre relacionamentos, sobre a vida e acabam ficando”, ele mostra. Agora eles também precisam adaptar as histórias ao contexto atual, pois elas não podem mais ser filmadas nos locais habituais. “A idéia é expandir o espaço interno de cada uma dessas figuras que aparecem no palco. O espaço externo é reduzido, mas o mundo interior é o que precisa ser explorado”, diz ele.

Para filmar com outros atores a partir do próximo mês, o produtor pretende contratar uma atriz com contrato exclusivo, evitando a exposição ao vírus. O roteirista explica que é hora de reorganizar os produtores do segmento e as diferentes áreas de trabalho. Agora estão incluídas as despesas com os testes Covid-19, máscaras descartáveis, gel de álcool, limpeza antes e depois do uso do equipamento de gravação.

“A equipe não se abraçou, infelizmente estamos morrendo de vontade de abraçar”, acrescenta Dread Hot. Ele lembra que, mesmo que as novas produções voltem um pouco, existe a Internet para quem procura entretenimento adulto: “Para fazer sexo virtual, no Camera Prive, você pode conhecer alguns gatinhos e gatinhos, comunique-se bastante”. Ela também aconselha os casais isolados, como ela e o namorado, a respeitar o espaço um do outro e, acima de tudo, manter a cabeça no lugar.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero