A série de Oliver Stone sobre Putin, ignorada pela televisão, chega ao Brasil no site

Depois de “Snowden: Hero or Traitor” (2016), seu último filme, o diretor Oliver Stone fez “Interviews with Putin”. Originalmente exibidas no Showtime (EUA) em 2017, as miniaturas percorreram o mundo, mas no Brasil permaneceram sem precedentes.

O programa de quatro episódios abre nesta sexta-feira (10) às 21h45. Lay out, do jornalista e escritor Fernando Morais, amigo de Stone. Ao mesmo tempo, será transmitido na TVT. Os direitos à exibição foram dados gratuitamente por um cineasta americano a um jornalista brasileiro.

Stone entrevistou Vladimir Putin, presidente da Rússia, mais de dez vezes no período de dois anos entre 2015 e 2017.

Conhecido por suas visões progressistas, o cineasta interroga um político russo sobre alegações de manipulação das eleições nos EUA para favorecer Trump e sobre articulações secretas para Edward Snowden escapar da CIA e contrabandear para a Rússia, onde ele ainda vive hoje.

Putin também fala sobre o papel dos Estados Unidos na criação do mito da Al-Qaeda e Osama Bin Laden. O presidente russo diz que vê a mão do governo dos EUA nas guerras ucraniana e da Crimeia e fala sobre o selvagem processo de privatização que ocorreu no país após o fim da União Soviética.

Ao escrever sobre a série, o crítico de TV do New York Times James Poniewozik observou que Stone é “excessivamente generoso” com Putin, mas admite que o trabalho é “revelador”.

Falando, por exemplo, sobre a perseguição de homossexuais na Rússia (Putin nega que exista), Stone pergunta se um marinheiro gay pode tomar banho com um cara direto. “Prefiro não tomar banho com ele”, diz Putin. “Por que provocá-lo?” Ele diz, rindo.

Encantado com a série, Morais considera o momento mais impressionante quando Putin leva Stone para a “sala de guerra”, de onde o presidente comanda, diante das câmeras dos cineastas e em tempo real, operações militares na guerra contra o Estado Islâmico no meio do território sírio. , “Um filme de ficção não seria tão atraente”, diz o jornalista.

Vencedor de dois Oscars como diretor (para “Pelotão” e “Nascido em 4 de julho”) e um como roteirista (“Midnight Express”), Oliver Stone também ganhou cinco Golden Globe Awards por “Pelotão”, “JFK”, “Nascido 4 July ”(diretor e roteiro) e“ Expresso da Meia-Noite ”(roteiro).

Em novembro de 2016, Oliver Stone estava em São Paulo para promover a edição Snowden. Eu o entrevistei para o UOL. Ver abaixo:

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero