Após o anúncio da aposentadoria, McGregor diz que está desmotivado e critica o UFC – 06/07/2020

Um dos principais astros do UFC, Conor McGregor colocou seu futuro na organização à prova no último sábado (6). Através de suas redes sociais, o O irlandês anunciou que está se aposentando do esporte e surpreendeu muitas pessoas. Após essa declaração, em uma entrevista à US ESPN, o ex-pluma (66 kg) e o campeão dos leves (70 kg) da organização explicou suas razões e disse que não estava motivado.

Após a derrota de Donald Cerrone, em janeiro deste ano, a divisão de peso médio (77 kg), McGregor, além de leve, também se colocou como um dos grandes lutadores da categoria. No entanto, meses após a introdução, seu próximo oponente ainda é desconhecido, nas duas categorias, devido à falta de opções que ele considera atraentes. Assim, o irlandês admitiu que estava, portanto, desencorajado na luta.

“O jogo simplesmente não me envolve e é isso. Nada está acontecendo. Estou olhando para as opções do meu oponente e não há realmente nada no momento. Não há nada para me animar. Estou um pouco entediado no jogo. Estou assistindo aqui, assisti o último show – Woodley vs. Burns – hoje à noite “Eu assisti no programa. Só não estou empolgado com o jogo. Não sei se é o público (por que não). Não sei do que se trata”, disse ele.

Conor também não suavizou as críticas ao UFC. Segundo o lutador, a franquia é responsável por ser assim. Sua principal zombaria é sobre o cinturão leve, que, segundo Dan White, presidente da Ultimate, só deve acontecer em setembro, entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje. Não havia outra opção para lutar com aquele irlandês, e seria interessante para ele lutar contra o americano por um título temporário até a data imposta pela liga.

“Eles (o UFC) deveriam continuar rolando a bola. Quero dizer, por que eles estão pressionando (Nurmagomedov x Gaeth) para setembro? Você sabe o que acontecerá em setembro? Outra coisa acontecerá em setembro e essa luta não acontecerá. Defino um plano e Um método que era o movimento certo, os métodos certos a serem seguidos, e eles sempre querem se opor a ela e não fazer acontecer ou atrasar. O que eu digo, eles querem ir contra você mostrando algum poder. título e apenas mantenha a bola rolar ”, disse ele, antes de explicar que mesmo a luta contra Anderson Silva, que é especulada para acontecer após o desafio do ‘Spider’, não foi aceita pelos europeus, motivando-o.

“Eu sou inútil. Estou tentando me animar. Estou tentando o máximo que posso. E quando Anderson apareceu, eu fiquei tipo, ‘Sim, é uma luta louca!’ “E então todos disseram que ele era velho. Eu fiquei tipo ‘O que?’ Aos meus olhos, ele está lutando com um ex-campeão dos médios e uma cabra de verdade, não é uma revanche? “Não seria recompensado. Eu iria lá e o expulsava, e o que aconteceria então? Eles diriam que ele é velho”, acrescentou. é.

No início deste ano, McGregor admitiu que já havia elaborado um plano para 2020. Mas com a pandemia de coronavírus, além dos problemas já mencionados, tudo parece estar indo ladeira abaixo. O irlandês já deixou claro que não voltará à ação devido a lutas que não lhe interessam.

“Eu tinha meus objetivos, meus planos, minha temporada. Eu tinha tudo preparado. Obviamente, o mundo está sangrando agora. Tudo acontece a cada minuto. Eles querem me jogar de um lado para o outro e me oferecer brigas estúpidas. Eu superei”, concluiu.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero