Atlético-MG deve ser a “ponte” para Rafael Moura jogar no Figueirense – 23.02.2016

O atacante do centro Rafael Moura revelou o Atlético-MG e, 12 anos depois de deixar o clube, está muito perto de assinar novamente com a equipe de mineração. No entanto, o jogador também não treinará na cidade do galo. A antiga camisa do 11 Internacional será entregue ao Figueirense, como parte de um acordo firmado pelo atacante Clayton com o Atlético.

Para conseguir um retorno à Cidade do Galo, Rafael Moura concordou em reduzir significativamente seus salários. A proposta de contrato apresentada pelo Atlético foi apresentada até dezembro de 2017, porém, nesta temporada o atacante só trabalharia para a equipe do Santa Catarine. O retorno final à cidade de Galos aconteceria apenas em janeiro do próximo ano.

“É uma oportunidade”, disse Francis Melo, economista e responsável pela carreira do jogador.

As conversas entre Rafael Mour e Atlético começaram em 2015, com a ajuda do Internacional. O atacante tem um dos salários mais altos da cidade do Beira-Rio, e a equipe gaúcha estava disposta a pagar parte do salário do atleta, até agosto, quando o contrato expira, para diminuir o valor que gasta mensalmente.

No entanto, a lesão no pé direito de Rafael Mour e a chegada de Diego Aguirre ao Atlético interromperam as negociações. O técnico uruguaio trabalhou com Mour no Inter e não demonstrou muito interesse em contar com o atacante de Belo Horizonte, mesmo com o clube Alvinegro em busca de um jogador que será a reserva de Lucas Pratto.

A lesão foi um obstáculo para Rafael Mouri deixar o Internacional e assinar com outro clube, já que não será submetido a nenhum exame médico no início de janeiro. Já se recuperando da lesão que o atingiu na última rodada do Brasileirão em 2015, Rafael Moura chegou a negociar com Botafogo e Vitória.

No entanto, as negociações com o Atlético continuaram, pois o comitê de atletismo prometeu enviar alguns jogadores ao Figueirense. Além de Rafael Mour, o meio-campista Dodô é outro atleta que deve passar o resto da temporada de 2016 em Florianópolis com salários pagos pelo Atlético.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero