Binance recorre a fundos soberanos para acalmar a opressão dos reguladores – Criptoativos

A maior bolsa de criptomoedas do mundo quer “reverter” a opressão regulatória de vários países, convidando vários fundos soberanos a participarem do capital da plataforma.

Em entrevista ao Financial Times, o CEO da bolsa, Chengpeng Zhao (conhecido pela imprensa internacional como “CZ”), explicou que a formação destes fundos “ajudaria a empresa a construir relações com governos de vários estados”.

Questionado sobre o valor envolvido e com quais países as negociações estão sendo abertas, Chengpeng Zhao não quis citar nomes ou números, mas ressaltou “que será um grande envelope financeiro conjunto”.

O CEO da maior plataforma do mundo, no entanto, apelou para a cautela: “não será um processo rápido, até porque essas negociações podem nos ligar a países específicos de maneiras que não queremos.”

“Apesar de tudo, devemos nos esforçar para manter relacionamentos saudáveis ​​com os governos dos países onde operamos e compensar os reguladores mais agressivos”, disse Zhao ao jornal britânico.

As declarações de Zhao chegam num momento em que vários estados, como Reino Unido, Tailândia e Cingapura, anunciaram um corte total nas relações com a Binance, decretando a proibição de atividade, por não cumprimento de regras de compliance.

Há cinco dias, o CEO da bolsa deu uma entrevista, durante a qual defendeu a necessidade das plataformas de criptomoeda terem a obrigação de proteger os usuários e implementar processos para prevenir crimes financeiros.

“Este ano, a maioria dos reguladores em todo o mundo está analisando a criptografia de perto”, e acreditamos que “este é o momento certo” para lançar uma chamada para uma estrutura global, disse Zhao.

“Achamos importante que os participantes do setor tenham um lugar à mesa”, disse o executivo.

A notícia chega em um momento em que a imprensa internacional aponta a Irlanda, como nova sede fiscal da Binance. A plataforma possui um centro de trabalho em Cingapura, mas está em busca de uma nova sede.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero