Brasil tem 54.971 mortes e mais de 1,2 milhão de casos

Secretárias estaduais de saúde acrescentaram 1.180 novos registros de óbitos hoje coronavírus, indicou o consórcio de veículos a partir do qual Twitter faz parte. Do total de 55.054 óbitos acumulados desde o início da pandemia, cerca de 25% foram registrados no estado de São Paulo: 13.759.

A pesquisa também descobriu que 40.673 casos a mais foram confirmados pelos estados do que o boletim de ontem. Agora, o número total de diagnósticos chega a 1.233.147.

Anteriormente, o Ministério da Saúde confirmou mais 1.141 mortes em todo o Brasil devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o total para 54.971 no país. A taxa de mortalidade é de 4,5%. Com a atualização do governo, este é o terceiro dia consecutivo em que o país aumentou mais de 1.100 mortes – na terça-feira (23) e ontem em 1.185 (24) houve 1.374, informa o mapa.

De acordo com uma pesquisa do governo federal, ainda existem 39.483 novos registros de pessoas diagnosticadas com covid-19 entre ontem e hoje. No total, o país tem pelo menos 1.228.114 infectados com a doença. Nos últimos três dias, o Brasil registrou, segundo dados oficiais do governo, um aumento de 121.644 casos – considerando 39.436 novos diagnósticos na terça-feira e 42.725 ontem. O registro diário ainda é 19 de junho, quando foram registradas 54.771 infecções.

Pelo menos 673.000 pessoas são consideradas recuperadas pelo Ministério da Saúde, enquanto 499.000 pessoas estão sendo monitoradas.

2ª onda em São Paulo

O coordenador executivo do Centro de Emergência Covid-19 em São Paulo, João Gabbardo, disse em entrevista coletiva hoje que o estado estava preocupado com uma nova onda de infecção por coronavírus.

“A segunda onda é sempre um problema. Então é em todos os países que a curva começou a diminuir”, disse Gabbardo.

O principal motivo de preocupação é o aumento de casos no interior do país. Apresentando dados de ontem, Gabbardo mostrou que o número de mortes já é maior no interior do que na região metropolitana.

O secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, confirmou em uma coletiva de imprensa hoje que o estado atingiu o número de 13.759 mortos desde março-19 desde março.

Até ontem, o estado havia registrado 13.352 mortes. Houve 407 mortes no aumento de 24 horas. Este é o segundo dia consecutivo de registros. Ontem, o estado registrou 434 mortes em 24 horas.

Veículos se unem para obter informações

Em resposta à decisão do governo de Jair Bolsonar (sem partido) de restringir o acesso aos dados da pandemia da covid-19, a mídia Twitter, Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio de cooperação desde a semana passada e, portanto, solicitaram as informações necessárias diretamente às secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, através do Ministério da Saúde, deve ser uma fonte natural desses dados, mas opiniões recentes do governo e do próprio presidente questionam a disponibilidade dos dados e sua precisão.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

TURNOZERO.COM PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Turno Zero