Brasil tem 54.971 mortes e mais de 1,2 milhão de casos

Secretárias estaduais de saúde acrescentaram 1.180 novos registros de óbitos hoje coronavírus, indicou o consórcio de veículos a partir do qual Twitter faz parte. Do total de 55.054 óbitos acumulados desde o início da pandemia, cerca de 25% foram registrados no estado de São Paulo: 13.759.

A pesquisa também descobriu que 40.673 casos a mais foram confirmados pelos estados do que o boletim de ontem. Agora, o número total de diagnósticos chega a 1.233.147.

Anteriormente, o Ministério da Saúde confirmou mais 1.141 mortes em todo o Brasil devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o total para 54.971 no país. A taxa de mortalidade é de 4,5%. Com a atualização do governo, este é o terceiro dia consecutivo em que o país aumentou mais de 1.100 mortes – na terça-feira (23) e ontem em 1.185 (24) houve 1.374, informa o mapa.

De acordo com uma pesquisa do governo federal, ainda existem 39.483 novos registros de pessoas diagnosticadas com covid-19 entre ontem e hoje. No total, o país tem pelo menos 1.228.114 infectados com a doença. Nos últimos três dias, o Brasil registrou, segundo dados oficiais do governo, um aumento de 121.644 casos – considerando 39.436 novos diagnósticos na terça-feira e 42.725 ontem. O registro diário ainda é 19 de junho, quando foram registradas 54.771 infecções.

Pelo menos 673.000 pessoas são consideradas recuperadas pelo Ministério da Saúde, enquanto 499.000 pessoas estão sendo monitoradas.

2ª onda em São Paulo

O coordenador executivo do Centro de Emergência Covid-19 em São Paulo, João Gabbardo, disse em entrevista coletiva hoje que o estado estava preocupado com uma nova onda de infecção por coronavírus.

“A segunda onda é sempre um problema. Então é em todos os países que a curva começou a diminuir”, disse Gabbardo.

O principal motivo de preocupação é o aumento de casos no interior do país. Apresentando dados de ontem, Gabbardo mostrou que o número de mortes já é maior no interior do que na região metropolitana.

O secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, confirmou em uma coletiva de imprensa hoje que o estado atingiu o número de 13.759 mortos desde março-19 desde março.

Até ontem, o estado havia registrado 13.352 mortes. Houve 407 mortes no aumento de 24 horas. Este é o segundo dia consecutivo de registros. Ontem, o estado registrou 434 mortes em 24 horas.

Veículos se unem para obter informações

Em resposta à decisão do governo de Jair Bolsonar (sem partido) de restringir o acesso aos dados da pandemia da covid-19, a mídia Twitter, Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio de cooperação desde a semana passada e, portanto, solicitaram as informações necessárias diretamente às secretarias estaduais de saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, através do Ministério da Saúde, deve ser uma fonte natural desses dados, mas opiniões recentes do governo e do próprio presidente questionam a disponibilidade dos dados e sua precisão.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero