China planeja lançar a primeira sonda em Marte em 25 de julho de 2020

Pequim, 25 de maio de 2020 (AFP) – A China planeja lançar uma sonda e um pequeno robô guiado em direção a Marte em julho, que será sua primeira missão ao Planeta Vermelho – anunciou a empresa estatal chinesa CASC (25) nesta segunda-feira.

Essa missão faz parte de um ambicioso programa espacial chinês que inclui, entre outras coisas, o envio de duas pessoas para a lua.

“Nosso objetivo é enviar uma sonda para Marte em 2020”, disse a Corporação Aeroespacial de Ciência e Tecnologia da China (CASC) em comunicado.

“Este grande projeto está indo como planejado e pretendemos lançá-lo em julho”, acrescentou a nota.

A sonda levará sete meses para chegar a Marte, portanto, em 2021, depois de atravessar uma distância de pelo menos 55 milhões de quilômetros.

A missão “Tianwen 1” (“Perguntas Celestiais”) tem três objetivos: colocar uma sonda em órbita, pousar no Planeta Vermelho e guiar um “veículo espacial” (um veículo de exploração espacial) para fazer análises de superfície.

A China já realizou uma operação semelhante na Lua em 2013. Em 2019, realizou a segunda missão na face oculta da Lua, a primeira no mundo. Outros países estão preparando missões para Marte.

Os Estados Unidos, que enviaram quatro Rovers para Marte no passado, lançarão seu quinto veículo de pesquisa (“Persistence”) entre junho e agosto. A previsão de chegada é fevereiro de 2021.

Em 15 de julho, os Emirados Árabes Unidos lançarão, no Japão, a primeira sonda árabe no Planeta Vermelho.

ehl / bar / jhd / zm / tt

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero