Cook diz que o choro de Fátima Bernardes é falso e acusa Bonner de grosseria · TV News

Ex-chef Fátima Bernardes e William Bonner, Léa Silva acusa os presentes de serem ingratos. Em um vídeo postado ontem (6) no Instagram, ela disse que o choro de Fátima na reunião “parecia falso” e que Bonner foi rude quando salvou o filho de se queimar na cozinha. O procurado, jornalista e apresentador ainda não se manifestou.

A explosão feminina (veja o vídeo no final deste texto), que ela diz ser uma funcionária da Fátim e Bonner, foi gravada depois de assistir a uma entrevista do comandante da reunião com Mirtes Renato Souz, a mãe do menino Miguel. O expositor ficou emocionado com o relato da empregada que deixou seu filho sozinho por sua amante Sari Corte Real no elevador do prédio.

“Observando Fátim conversando com a mãe de Miguel, eu a vi chorando, criando rostos e bocas … Aqui eu estava pensando: ela se lembra de que eu, que era sua cozinheira, salvei meu filho de queimar? Acho que ele não se lembra.” Leah começou.

Então, a cozinheira relata que, por causa do acidente na época em que Vinícius, hoje com 22 anos, pediu a Bonner que colocasse uma barreira na porta da cozinha, mas um jornalista a insultaria e seria rude.

“Eu poderia ter deixado o garoto queimar inteiro. Pelo contrário, acabei de receber um insulto do meu marido. Ele ficou ofendido, ele pensou que eu chamei meu filho de cachorro porque pedi para ele se colocar na cozinha”, disse o ex-funcionário.

“Então eu, uma pessoa negra, poderia ter deixado o filho da minha amante foder, mas não. Atravessei na frente da panela para que Vinícius não se queimasse”, lembrou o chef. “Os dois ingratos. Eu não esqueci, Dona Fátima e seu William Bonner. Você, em vez de agradecer, apenas cague pelo que eu disse, entendeu?”, Ela atacou no vídeo.

Por causa do episódio, Léa sentiu que a confusão de Fátima na reunião não estava realmente lá. Hoje estou vendendo Vinicius como homem, como adulto, olho para o rosto dele e digo: “Legal … eu poderia estar esgotado”. Pena que seus pais não gostaram do que eu fiz. Então eu vi você chorando, lembrei-me Seu grito sobre a questão parecia um pouco falso “, ele retrucou.

REPRODUÇÃO / JUVENTUDE

Léa Silva, da Hora do Faro, da Records, quando recebeu o apresentador Rodrigo Faro no Vidigal

Tia Lea do Vidigal

Hoje, o chef é dono do restaurante Laje da Tia Léa, no Vidigal, no Rio de Janeiro, e já possui recebeu celebridades como Rodrigo Faro e Edu Guedes. Para Notícias de TV, deu detalhes sobre o tempo em que foi trabalhar na casa de Bonner e Fátim, há 20 anos.

“Com a paixão de querer ser um chef famoso, comecei a enviar faxes para celebridades que oferecem seus serviços. Uma vez, enviei-o ao Conselho Nacional do Jornal, e ela [Fátima Bernardes] me contratou no Natal ”, lembrou.

Tia Léa, como é sabido, disse que passou apenas três meses trabalhando na casa de uma jornalista e que foi demitida após algumas divergências sobre as quais não queria denunciar. “Parti por causa da ignorância deles”, disse ele.

A história trágica discutida na reunião de ontem, segundo Léi, lembrava uma passagem embaraçosa. “Fazemos coisas pelos filhos do chefe e eles são ingratos. Eu continuo machucado. Adorei os dois, o casal. Foi uma decepção total, meu mundo caiu”, disse ele.

Confira a explosão do chef Leo Silva no Instagram:

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero