Edi Rock, do Racionais MC, toca música em protesto de George Floyd

O rapper Eddie Rock, membro do MC Racionais, divulgou hoje a música e videoclipe “Vidas Negras Importam”, que faz parte de um novo álbum chamado “Origens – Parte 2”.

“Quando se misturou no estúdio, João Pedro foi morto e não muito tempo depois disso era o caso George Floyd, Nos Estados Unidos. Não precisamos mais dizer violência policial “, disse o cantor em entrevista à Alma Preta.

João Pedro foi morto no Rio de Janeiro, em 18 de maio, depois que 556 tiros foram disparados na casa de seu tio, durante uma operação conjunta da polícia civil e federal. George Floyd morreu no dia 25 do mesmo mês, nos Estados Unidos, depois que um policial o asfixiou com um joelho por 8 minutos e 46 segundos.

A música critica e condena as desigualdades sociais que os negros ainda enfrentam. “A música é outra ferramenta, outro canal de negação e ativismo. Eu, como negro e músico, entendo o posicionamento e o pensamento através da música como uma obrigação”, disse ele ao jornal.

Fotos de Joo Pedro e pôsteres de protestos nos Estados Unidos aparecem no vídeo. Marielle Franco. Ágatha Félix e Maria Eduarda eles também são lembrados ao longo da música.

Edi Rock disse no Twitter hoje que trabalha na produção do novo álbum desde o ano passado e reforçou que sua contribuição é momentânea por meio de músicas. “Nada é mais apropriado porque o momento de um ataque aos negros exige posicionamento e atitude”, escreveu ele.

O primeiro álbum, “Origens”, também tinha letras para combater a violência policial e o racismo, como “Corre Neguin”, estrelado por Xanda de Pilares.

O trabalho solo de um membro do Racionais MC também incluiu parcerias com Lauana Prado, Mc Pedrinho, Rael, Alexandre Carlo e Haikass, misturando rap, música country, funk e reggae.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero