Filhos órfãos por homicídio feminino decorrente de morte materna e reclusão paterna – 12/07/2021 – Brasil

Na casa onde moram em Manas, os irmãos Alice, 11, e Lucas, 10, se entrevistam com o gravador. “O que você quer ser quando crescer?”; “Você sentiu falta da sua mãe?”

A última pergunta sugere a dor da perda compartilhada pelos filhos: Em 2016, eles tinham 6 e 4 anos quando viram a mãe ser morta pelo marido.

Aos 23 anos, Josilene Ferreira de Araújo foi espancada, esfaqueada e estrangulada com um travesseiro. Após o crime, Diego do Nacimento Pacheco deixou o corpo da esposa embrulhado em uma folha de papel no quarto das crianças.

Os avós de Alice e Lucas os levaram embora depois que sua mãe ficou órfã e seu pai foi preso, e eles foram tratados por três anos para ver como iriam melhorar após o trauma. Em 2019, Alice testemunhou no julgamento de seu pai, que foi condenado a 17 anos de prisão.

Jocelyn já foi vítima de um crime violento no Brasil, de alto nível: homicídio por causa do gênero das mulheres, ou seja, por serem mulheres. Houve 1.350 assassinatos de mulheres no ano passado, segundo o Conselho de Segurança Pública do Brasil.

Traduzido Gradiana Freelon

Leia o artigo na língua original

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero