Inflação oficial do Brasil termina em 10,06% em 2021

Os preços ao consumidor no Brasil, medidos pelo índice IPCA, subiram 0,73% em dezembro, levando à taxa de inflação final do país em 2021. 10,06 por cento. Esta é a maior taxa para um ano civil desde 2015, mas números recentes sugerem que a inflação pode diminuir agora – aumentando a confiança de que o país já atingiu o pico da inflação.

As três categorias de inflação do ano passado foram de 79 por cento: transportes (+ 21%), habitação (+ 13%) e alimentação (7,9%). A desvalorização da moeda brasileira contribuiu para o aumento dos preços dos combustíveis, que foram vinculados às tarifas internacionais do petróleo, enquanto a seca reduziu a estagnação da água – criando as tarifas de energia elétrica. Mais caro – e desestabilizar as colheitas e aumentar os preços dos alimentos.

Como mostramos no último fim de semana, 46% dos lares brasileiros gastam menos Metade de sua renda é em contas de eletricidade. Para 22% da população, até mesmo as compras básicas de alimentos tiveram que ser reduzidas para garantir o acesso à eletricidade em suas casas, chegando a 28% dos domicílios no norte mais desigual do Brasil.

No início do ano passado, os mercados esperavam que os preços ao consumidor subissem 4,07% ao longo de 2021. As previsões permaneceram consistentes e o resultado real superou as expectativas revisadas – ele previu uma taxa de inflação anual de 10,01%. Em 2022, os mercados esperam que a inflação atinja 5,03%.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero