José Aldo é nocauteado e perde a chance de se tornar bicampeão do UFC – 07/12/2020

O último brasileiro a aparecer no card do UFC 251, em Abu Dhabi, neste sábado (11), José Aldo desafiou o cinturão vazio (61kg) contra Peter Jan. Mais agressivo do que em suas últimas lutas, o ex-campeão dos cinco teve uma grande luta em que, apesar de grandes momentos, terminou com a vitória do jovem russo, que estava fisicamente melhor preparado.

Após quatro empates, Aldo dominou completamente na etapa final e, nocauteado, perdeu a chance de se tornar o oitavo lutador da história do UFC a se tornar o campeão do evento em duas categorias de peso diferentes.

Ainda invicto nas oito vezes, Yan garantiu o cinturão aos 27 anos e ampliou seu recorde de organização para sete vitórias consecutivas.

Luta

O primeiro ataque foi ocupado. Agressivo, Aldo chutou seu oponente novamente, um golpe que marcou o início de sua carreira internacional e rapidamente preocupou Petar Jan a ponto de mudar de base várias vezes. Apesar disso, o russo equilibrou a disputa com as cruzadas rápidas e poderosas que romperam as defesas brasileiras. Após cinco minutos, o ex-campeão dos leves (66kg) tentou se despir, caiu e sofreu pancadas no chão e na libra. Aldo 9 x Yan 10.

Mais cauteloso na etapa seguinte, Aldo avançou e resolveu a disputa melhor. Calmamente, ele novamente solapou as pernas do oponente com fortes golpes, além de golpes alternados no rosto e ataques na cintura. O oponente russo parecia confuso ao longo da rodada. Aldo 19 x 19 Yan.

Aldo dominou completamente a maior parte da terceira fase. O brasileiro atacou agressivamente com golpes na cintura, o que fez Yan recuar e, aproveitando o russo alternadamente, arremessar as duas pernas. No final, mais cansado, ele permitiu que o adversário aumentasse o volume do ataque, mas nada que mudasse o resultado do parcial. Aldo 29 x 28 Yan.

Cansado, Aldo viu Petr Yan recuperar o controle das ações na quarta rodada. Irreconhecível, o atleta da Nova União parou de atacar e, na maioria das vezes, recuou durante a segunda metade do ataque. O russo passou com cruzamentos rápidos para uma queda que o deixou no topo para atacar por quase um minuto. Tudo o mesmo! Aldo 38 x 38 Yan.

Na última rodada, Petr Yan foi direto e, aproveitando a fadiga de seu oponente, o abaixou e o nocauteou sem parar por mais de dois minutos, até que o final da luta fosse determinado.

Siga os resultados do UFC 251:

Petr Yan nocauteado José Aldo na 5ª rodada;
Rose Namajunas ganhou Jessica ‘Bate-Estaca’ decisão dividida;
Amanda Ribas Paige VanZant relatou na primeira rodada;
Jiří Procházka nocauteou Volkan Oezdemir na 2ª rodada;
Salikhov muçulmano venceu Elizeu ‘Capoeira’ decisão dividida;
Makwan Amirkhani finalizou Danny Henry no primeiro round;
Leonardo Santos Roman Bogatov foi derrotado por uma decisão unânime;
Marcin Tybura derrotou Maxim Grishin por decisão unânime;
Raulian Paiva derrotou Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime;
Carol Rosa Ganhou Vanessa Melo por decisão unânime;
Davey Grant nocauteou Martin Day no terceiro round.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero