Turno Zero

Notícias Completas mundo

Ministro anula diretiva com recomendações de linguagem às Forças Armadas

O Ministro da Defesa anulou, por despacho proferido esta sexta-feira, a “portaria sobre o uso de linguagem não discriminatória” nas Forças Armadas, justificando que se trata de um “documento de trabalho” que “necessita de aprovação superior”.

“Tomei conhecimento do envio da Secretaria-Geral de Escritórios (…) com o título ‘directiva sobre a utilização de linguagem não discriminatória, dirigida ao EMGFA, às sucursais e aos serviços centrais do ministério (…). por carecer de homologação superior e por se tratar de um documento de trabalho que não apresenta um adequado estado de maturidade, as referidas cartas devem ser consideradas anuladas ”, diz o documento a que a SOL teve acesso. O despacho é datado de hoje, assinado por João Gomes Cravinho e dirigido ao chefe do Estado-Maior das Forças Armadas (EMGFA), aos três ramos militares e a todos os órgãos e agências da Defesa Nacional.

.js">

Recorde-se que a portaria em questão, elaborada pela Secretaria-Geral do Ministério da Defesa, previa que as Forças Armadas fossem inclusivas e neutras ao mencionar alguém ou algo.

O objetivo era usar uma terminologia que tratasse mulheres e homens igualmente, seja em documentos escritos ou na comunicação verbal. A diretriz também incluiu exemplos de expressões que não devem ser utilizadas, como: “Pare de ser bobo” e “você parece uma menina, se comporte como um homem”.

Diante do conteúdo da portaria, na quarta-feira, o ministro colocou a questão em perspectiva e afirmou que não iria “perder muito tempo pensando no assunto”.

“O que é realmente importante é o trabalho que está sendo feito para promover a igualdade de gênero nas Forças Armadas. Então se se disser ‘nasceu em’ ou ‘data de nascimento’, isso é absolutamente insignificante, não tem relevância e, de minha parte, confesso que não pretendo ficar muito tempo pensando nisso ”, disse. , em declarações à agência Lusa.

Carlos Henrique

"Introvertido amigável. Estudante. Guru amador de mídia social. Especialista em Internet. Ávido encrenqueiro."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post Você precisa de estacionamento no final da viagem? Waze tem a solução para você
Next Post A BOLA – «Queremos o tetra e um título europeu»