O ônibus do filme “In the Wild” foi retirado do Parque Nacional do Alasca

O ônibus conhecido pelo livro e pelo filme “Into the Wild” foi transportado do Parque Nacional Delali, no Alasca. O veículo foi transportado por um helicóptero do Exército dos Estados Unidos. A Guarda Nacional do país disse que a retirada era uma questão de “segurança pública”, já que vários turistas tentaram encontrá-la.

Segundo informações de um portal independente, o Departamento de Recursos Naturais disse que houve um total de 15 operações de busca e salvamento relacionadas ao ônibus entre 2009 e 2017.

“Encorajamos as pessoas a desfrutar despreocupadamente das áreas desérticas do Alasca e entender o impacto que esse ônibus teve na imaginação popular. No entanto, este é um veículo abandonado e em decomposição que requer esforços de resgate perigosos e caros, mas mais importante ainda, custou a vida de alguns Fico feliz por termos encontrado uma solução segura, respeitosa e econômica para essa situação “, disse Corri Feige, Comissária do Departamento de Recursos Naturais.

O comissário também disse que o ônibus seria mantido em um “local seguro”, enquanto o departamento procurava um local permanente para o veículo.

Em julho do ano passado, uma bielorrussa foi morta tentando embarcar em um ônibus. Segundo o The Hollywood Reporter, Veramika Maikamava, 24, tentou atravessar o rio com o marido, Piotr Markielau, quando foi puxada por eletricidade e se afogou. Esta não é a primeira vez que alguém sofre um acidente tentando chegar ao local.

Em In the Wilderness, escrito por Jon Krakauer e dirigido por Sean Penn, a jornada de Christopher McCandless, um jovem americano que doou seu dinheiro para caridade depois de se formar na faculdade e decidiu viver uma vida longe do materialismo, viajando por diferentes lugares.

Em 1992, ele encontrou um ônibus abandonado no meio da floresta e decidiu ficar lá, mesmo com recursos limitados. Um mês depois, seu corpo foi encontrado.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero