O professor Etec foi removido após se masturbar na frente dos alunos – 18/06/2020. – Monica Bergamo

EM Paul Souz Center ordenou a remoção completa do professor do Parque da Juventude de Eteca (Escola Técnica Estadual) em São Paulo, depois que o professor se masturbou no dia 13 de maio, durante uma videoconferência com seus alunos.

Segundo comunicado divulgado pela agência, foi apresentado um relatório policial contra Cleber Batista Souza na 9ª Delegacia de Polícia Civil para responsabilizá-lo criminalmente pelo crime. A demissão do professor foi publicada no Diário Oficial do Estado em 16 de maio.

Um vídeo mostrando a prática do ato de Cleber durante uma reunião de videoconferência com seus alunos é incluído no processo administrativo que investiga o caso.

“O Paul Souz Center reafirma que rejeita qualquer forma de desrespeito ou assédio e que todas as reclamações recebidas oficialmente na instituição são analisadas para que medidas apropriadas possam ser aplicadas quando comprovadamente válidas”, diz a nota.

Nas mídias sociais, os alunos da Etecs compartilham a hashtag #EtecsContraoAssesio para discutir o assédio sexual no ambiente escolar.

Leia a nota completa do Paul Souz Center abaixo:

O departamento de comunicações do Centro Paul Souz informa que a direção do Etec Parque da Juventude, assim que ficou sabendo do que havia acontecido, excluiu imediatamente o professor da plataforma de ensino on-line em 13 de maio. O Centro Paul Souz abriu um processo administrativo contra os profissionais e ordenou sua remoção imediata, publicando-o no Diário do Estado em 16 de maio de 2020.

O conselho de administração da unidade também registrou um relatório policial na 9ª Delegacia de Polícia Civil de São Paulo de que o professor era criminalmente responsável pelo ato. O procedimento administrativo, com todos os documentos e provas em anexo, foi encaminhado ao Promotor de Processo Disciplinar, que pertence ao Gabinete do Procurador do Estado, responsável por decidir sobre a destituição do professor.

O Centro Paul Souz reafirma que rejeita qualquer forma de desprezo ou assédio e que todas as reclamações recebidas oficialmente pela instituição são analisadas para que medidas apropriadas sejam tomadas quando comprovadamente válidas.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero